Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Risk factors for Toxoplasma gondii infection in sheep in the northeastern region of Brazil / Fatores de risco para a infecção de Toxoplasma gondii em ovinos da região nordeste do Brasil

Rizzo, Huber; Gaeta, Natália Carrillo; Hora, João Henrique Costa; Carvalho, Jeferson Silva; Pinheiro Júnior, José Wilton; Gennari, Solange Maria; Pena, Hilda Fátima de Jesus; Villalobos, Eliana Monteforte Cassaro; Gregory, Lilian.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 54(2): 139-146, 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15638

Resumo

Toxoplasma gondii is an infective parasite that causes reproductive disorders such as abortion, fetal mummification, birth of weak offspring, and stillbirth, thereby causing economic losses to sheep production. The northeastern region of Brazil has approximately 171 million small ruminants, of which 5.4% are sheep. The present study aimed at determining the rate of occurrence of T. gondii in sheep flocks on 60 farms in 19 municipalities in the three mesoregions (eastern, semi-arid, and sertão or backlands) of the state of Sergipe, Brazil, and the risk factors associated with this infection. Serum samples were collected between 2011 and 2012, from 60 farms located in 19 municipalities in the three mesoregions: 680 in the eastern region, 280 in the semi-arid region, and 240 in the backlands, totaling 1,200 samples (990 females and 210 males). Anti-T. gondii antibodies were detected by means of the indirect fluorescence antibody test (IFAT ≥ 64). The highest occurrence was detected in the eastern region (45.3%, p = 0.001). On farms with subsistence production, the risk of having animals infected by T. gondii was approximately twice as high as on breeding/rebreeding/fattening farms (OR: 3.03; CI: 1.97-4.68). There was a significant lack of sanitary care, such as absence of a dunghill (p = 0.000; OR: 1.60; CI: 1.26-2.03), quarantine (p = 0.000; OR: 1.87; CI: 1.45-2.41) and disinfection (p = 0.003; OR: 1.46; CI: 1.13-1.88). Regarding feeding, the risk of infection was 1.74 and 1.37 times higher in places that used a trough and/or that cats could access, respectively. The present study allows the conclusions that T. gondii is found on farms in the three mesoregions of the state of Sergipe and that environmental and management factors have an influence on sheep infection.(AU)
Toxoplasma gondii é um parasita cuja infecção leva a desordens reprodutivas como aborto, mumificação fetal, nascimento de cordeiros fracos e natimortos, provocando perdas econômicas na produção ovina. A região nordeste do Brasil possui aproximadamente 171 milhões de pequenos ruminantes, dos quais 5,4% são ovinos. Este estudo tem como objetivo determinar a ocorrência de T. gondii nos rebanhos ovinos de 60 propriedades de 19 municípios de três mesorregiões (leste, semiárido e sertão) do estado de Sergipe, Brasil, e os fatores de risco associados a essa infecção. Amostras de soro foram coletadas entre 2011 e 2012, em 60 propriedades localizadas em 19 municípios das três mesorregiões: 680 na região leste, 280 no semiárido e 240 no sertão, totalizando 1.200 amostras (990 fêmeas e 210 machos). Anticorpos anti-T.gondii foram detectados por reação de imunofluorescência indireta (RIF ≥ 64). A maior ocorrência foi detectada na região leste (45,3%, p = 0.001). Em propriedades com produção de subsistência, o risco de animais infectados por T. gondii é aproximadamente duas vezes maior que nas de cria/recria/engorda (OR = 3.03/ IC: 1.97-4.68). A ausência de cuidados sanitários, como ausência de esterqueira (p = 0.000/ OR: 1.60; CI: 1.26-2.03); quarentena (p = 0.000/ OR: 1.87; CI: 1.45-2.41) e desinfecção (p = 0.003/ OR: 1.46; CI: 1.13-1.88) foram significantes. Em relação à alimentação, o risco de infecção aumenta 1.74 e 1.37 em locais que utilizam cocho ou com presença de gatos, respectivamente. Este estudo permite concluir que o T. gondii é encontrado em propriedades das mesorregiões do estado de Sergipe e fatores ambientais e de manejo estão influenciando nas infecções em ovinos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1