Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Revisão de literatura: Sequestro corneano felino / Literature Review: Feline Corneal Sequestrum

Stival, Carolina Cassilha; Wouk, Antônio Felipe Paulino de Figueiredo.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet.; 8(26): 461-466, jul.-set. 2010. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1576

Resumo

O seqüestro corneano é descrito na literatura desde 1964, sendo considerada uma afecção corneanaúnica de gatos, principalmente braquicefálicos. Relatos recentes descreveram este problema em cavaloe cão. Caracteriza-se, clinicamente, por uma placa marrom a preta, ovalada, de posição central ouparacentral na córnea e que provoca, dentre outros sinais, blefaroespasmo, fotofobia, epífora e hiperemiaconjuntival. Não há predisposição sexual e etária. A etiologia ainda não está definida, sendo aagressão crônica à córnea, infecção pelo herpesvirus felino tipo 1 (FHV-1) e anormalidades do filmelacrimal algumas das hipóteses. O tratamento baseia-se no grau de desconforto ocular, podendo serconservativo ou cirúrgico, mas este último ainda tem sido a melhor opção. Este trabalho tem por objetivofazer uma breve revisão de literatura sobre o seqüestro corneano felino, ressaltando seus sinaisclínicos, possíveis etiologias e tratamento(AU)
The corneal sequestration is described in the literature since 1964, and it is considered a corneal diseaseunique of cats, especially the brachycephalic breeds. Recent reports have described this problemin horse and dog. It is clinically characterized by a brown to black - oval shaped crust which positioncan be in the central or paracentral area of the cornea and causes, among other signs, blepharospasm,photophobia, epiphora and conjunctival hyperemia. There is no sexual or age predisposition. Theetiology is not defined yet, and the chronical aggression to cornea, feline herpesvirus type 1 (FHV-1)infection and abnormalities of the tear film are some of the hypotheses. The treatment is based onthe ocular discomfort degree and may be conservative or surgical, but this last one is still the bestoption. This paper aims to make a brief literature review of feline corneal sequestration, emphasizingits clinical features, possible etiologies and treatment(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1