Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

High resveratrol or quercetin concentrations reduce the oscillation index of frozen goat semen / Altas concentrações de resveratrol ou quercetina reduzem o índice de oscilação do sêmen congelado caprino

Silva, E. C. B; Arruda, L. C. P; Silva, S. V; Souza, H. M; Guerra, M. M. P.
Arq. bras. med. vet. zootec; 68(5): 1237-1243, set.-out. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16508

Resumo

The aim of this study was to evaluate the effect of different concentrations of trans-resveratrol or quercetin on the ability of goat sperm to withstand being frozen. Six pools of semen obtained from six male goats were processed with different concentrations of resveratrol or quercetin (Experiment 1: 0, 15, 25, 50, 75 or 100µM resveratrol; Experiment 2: 0, 15, 25, 50, 75 or 100µM quercetin) and frozen. After thawing, the semen was evaluated for sperm kinematics, plasma membrane and acrosome integrity, morphology and oxidative stress following 0 and 1h of incubation. Immediately after thawing (0h), wobble (oscillation index) in the groups treated with 100µM of quercetin or resveratrol was lower (P<0.05) than in those treated with 0 and 25µM resveratrol and 0µM quercetin, respectively. After 1h of incubation, the total motility in treatments with 15, 50 and 75µM quercetin, as well as the plasma membrane integrity in all quercetin concentrations were lower (P<0.05) than at 0h. In opposition, the linearity of semen samples treated with 100µM quercetin and the straightness of those treated with 75 and 100µM quercetin were lower (P<0.05) at 0h than at 1h after thawing. Thus, it can be concluded that resveratrol and quercetin at high concentrations (100µM) transiently reduce the wobble of goat sperm submitted to frozen storage, and that quercetin (75 and 100µM) increases the linearity and straightness over time, which can be favorable for fertility.(AU)
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de diferentes concentrações de transresveratrol ou quercetina sobre a capacidade dos espermatozoides caprinos de resistirem à congelação. Seis pools de sêmen, obtidos de seis reprodutores caprinos, foram processados com diferentes concentrações de resveratrol ou quercetina (Experimento 1: 0, 15, 25, 50, 75 ou 100µM de resveratrol; Experimento 2: 0, 15, 25, 50, 75 ou 100µM de quercetina) e congelados. Após o descongelamento, o sêmen foi avaliado quanto à cinética espermática, à integridade das membranas plasmática e acrossomal, à morfologia e ao estresse oxidativo nos tempos zero e uma hora de incubação. Imediatamente após a descongelação (zero hora), o wobble (índice de oscilação) nos grupos tratados com 100µM de quercetina ou de resveratrol foi menor (P<0,05) do que nos tratados com 0 e 25µM de resveratrol e com 0µM de quercetina, respectivamente. Após uma hora de incubação, a motilidade total dos tratamentos com 15, 50 e 75µM de quercetina, assim como a integridade de membrana plasmática em todas as concentrações de quercetina, foi menor (P<0,05) do que à zero hora. Em oposição, a linearidade das amostras de sêmen tratadas com 100µM de quercetina e a retilinearidade daquelas tratadas com 75µM e 100µM de quercetina foram menores (P<0,05) à zero hora do que à uma hora após descongelação. Assim, pode-se concluir que o resveratrol e a quercetina, em concentrações elevadas (100µM), reduzem, transitoriamente, o índice de oscilação de espermatozoides caprinos submetidos à congelação e que a quercetina (75 e 100µM) aumenta a linearidade e a retilinearidade ao longo do tempo, o que pode ser favorável à fertilidade.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1