Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Cinética dos anticorpos de origem colostral contra a toxina épsilon de Clostridium perfringens tipo D em cordeiros / Kinetics of colostral antibodies against epsilon toxin produced by Clostridium perfringens type D in lambs

Costa, Heni F; Babboni, Selene D; Rodrigues, Carlos F. C; Padovani, Carlos R; Dutra, Iveraldo S; Modolo, José R.
Pesqui. vet. bras; 32(1): 17-21, jan. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1677

Resumo

Enterotoxemia, uma das mais importantes enfermidades que acomete os pequenos ruminantes domésticos, é causada principalmente pela toxina épsilon de Clostridium perfringens tipo D. O presente estudo avaliou a cinética de anticorpos colostrais antitoxina épsilon em cordeiros nascidos de ovelhas submetidas a dois diferentes tipos de manejo sanitário. Um grupo de ovelhas prenhes (n=6) foi vacinado com uma dose única de vacina comercial polivalente contra clostridioses contendo toxóide épsilon na sua formulação cerca de 30 dias antes da data prevista para a parição. Outro grupo de ovelhas (n=6) de mesma idade gestacional não foi vacinado. Imediatamente após o parto, antes da ingestão do colostro, foram colhidas amostras sanguíneas dos respectivos cordeiros, bem como aos 30 e 60 dias de idade e submetidas à avaliação sorológica pelo teste de ELISA indireto. Os resultados encontrados permitem concluir que a vacinação de ovelhas prenhes 30 dias antes do parto contra a enterotoxemia causada pela toxina épsilon, com dose única de produto comercial, induz imunidade passiva em níveis considerados protetores (>0,5UI/ml) aos cordeiros por, no mínimo, 60 dias de idade.(AU)
Enterotoxemia, a disease that affect small ruminants, is caused mainly by the epsilon toxin from Clostridium perfringens type D. This study evaluated the kinetics of epsilon antitoxin colostral antibodies in lambs born to ewes submitted to two different types of health management. A group of pregnant ewes (n=6) was vaccinated with a single dose of commercial vaccine against polyvalent clostridial toxoid containing epsilon in its formulation some 30 days before the expected date of birth. Another group of ewes (n=6) of the same gestational age were not vaccinated. Immediately after birth, before intake of colostrum, blood samples were collected from their lambs as well as 30 and 60 days of age for serum evaluation by ELISA. The results allow to conclude that vaccination of pregnant ewes 30 days before parturition allowed the transfer of colostral antibodies specific enough to guarantee the immunity considered protective (0,5UI/ml) of the newborn lamb against enterotoxemia until its entry into the feedlot, with 60 days of age.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1