Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Use of additives and opening time of the silos in silage of campo grande stylosanthes / Uso de aditivos e tempo de abertura dos silos em silagens de estilosantes campo grande

Silva, Mábio Silvan José da; Jobim, Clóves Cabreira; Nascimento, Willian Gonçalves do; Ferreira, Geane Dias Gonçalves; Oliveira, Marcos Rogério.
R. bras. Saúde Prod. Anim.; 15(2): 381-393, abr.-jun. 2014. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-16781

Resumo

The aim of this study was to evaluate the potential use of Stylosanthes spp. cv. Campo Grande in silage form, through of the nutritive value of vacuum packed silages, under different opening times and use of additives. It was used a completely randomized design in factorial scheme 4 x 4, with four treatments: no inoculant; with inoculant; with inoculant plus urea and urea only, with four opening time (14, 28, 42 and 56 days) and four replications. It was observed that the silages no inoculant had lower values of pH and temperature, compared to other treatments. All silages had higher dry matter recovery in the first time of the opening, decreasing thereafter. The stylosanthes silages showed high concentrations of crude protein, on average 167.30 g/kg DM, with the largest values found in silage with urea addition. The silage without additive showed better chemical composition, compared to other treatments with additives, being observed mean values of 539.17 and 665.79 g/kg DM for concentrations of total digestible nutrients and "in vitro" dry matter digestibility, respectively. The campo grande stylosanthes presents potential to be used in the form of silage.(AU)
Objetivou-se avaliar o potencial de utilização do estilosantes campo grande na forma de silagem, através do valor nutritivo de silagens a vácuo, submetidas a diferentes tempos de abertura e uso de aditivos. Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 4, sendo quatro tratamentos: sem inoculante; com inoculante; com inoculante mais uréia e apenas com uréia, com quatro tempo de abertura (14, 28, 42 e 56 dias) e quatro repetições. Observou-se que as silagens sem inoculante apresentaram menores valores de pH e de temperatura, em relação aos demais tratamentos. Todas as silagens apresentaram maiores índices de recuperação da matéria seca no primeiro tempo de abertura, diminuindo posteriormente. As silagens de estilosantes apresentaram altas concentrações de proteína bruta, em média 167,30g/kg de MS, sendo os maiores valores encontrados nas silagens com adição de uréia. As silagens sem o uso de aditivo apresentaram melhor composição químico-bromatológica, em relação aos demais tratamentos com aditivos, sendo observados valores médios de 539,17g/kg e 665,79g/kg de MS, para as concentrações de nutrientes digestíveis totais e digestibilidade in vitro da matéria seca, respectivamente. O estilosantes campo grande apresenta potencial para ser utilizado na forma de silagem.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1