Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Variation of red cell distribution width and mean corpuscular volume in anemic dogs / Variação da distribuição do diâmetro eritrocitário e do volume corpuscular médio em cães anêmicos

Gonçalves, D. S; Almeida, B. F. M; Bomfim, S. R. M; Ciarlini, P. C.
Ars Vet.; 30(2): 115-119, 2014. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-16826

Resumo

The anisocytosis is a hematologic finding that is routinely evaluated from the mean corpuscular volume (MCV) and erythrocyte morphology in assessment of blood smears. The present study tested the hypothesis that the coefficient of variation of the red cell distribution width (RDW-CV - Red Cell Distribution Width) is a more sensitive parameter in the evaluation of hematologic anisocytosis, considering different levels of anemia in dogs and reticulocytosis. Blood counts of 102 anemic dogs and 353 control dogs made by automated hematology counter. The anemic animals were grouped according to the degree of anemia (mild, moderate and severe) and also as medullary response by manual reticulocyte count (none, weak, moderate and strong). The RDW-CV was different to the animal groups with moderate and severe anemia, which were higher, compared to the control group and mild anemia. The highest average value of RDW-CV (14.45%) occurred in patients with severe anemia. In the control group had higher MCV value that anemic animals, this may be due to a mixed population of erythrocytes in that group of animals. However, there wasnt difference in MCV between different degrees of anemia and reticulocytosis. Therefore, the RDW is a more sensitive indicator anisocytosis than VCM and its value is directly proportional to the degree of anemia and reticulocytosis; when combined, the sensitivity for detection of anisocytosis in anemic dogs is greater. The use of reference values established by the clinical laboratory itself is mighty important.(AU)
A anisocitose é um achado hematológico que rotineiramente é avaliado a partir do volume corpuscular médio (VCM) e da avaliação da morfologia eritrocitária em esfregaços sanguíneos. No presente estudo foi testada a hipótese de que o coeficiente de variação da distribuição do diâmetro eritrocitário (RDW-CV - Red Cell Distribution Width) é um parâmetro hematológico mais sensível na avaliação da anisocitose, considerando-se diferentes graus de anemia e reticulocitose em cães. Foram analisados hemogramas de 102 cães anêmicos e 353 cães controle, realizados em contador hematológico automatizado ABC Vet (Horiba ABX, Paris, França). Os animais anêmicos foram subdivididos conforme o grau de anemia (discreta, moderada e grave) e também de acordo com a resposta medular (resposta nula, discreta, moderada e intensa), por meio da contagem de reticulócitos manual. O RDW-CV apresentou diferença para os subgrupos de animais com anemia moderada e grave, que apresentaram valores maiores, com relação ao grupo controle e subgrupo com anemia discreta. O maior valor médio de RDW-CV (14,45%) ocorreu no subgrupo com anemia grave. No grupo controle o VCM teve valor maior que nos animais anêmicos, isto pode ter ocorrido devido a uma população mista de eritrócitos naquele grupo de animais. Entretanto, não houve diferença do VCM entre os diferentes graus de anemia e reticulocitose. Por isso, o RDW é um indicador de anisocitose mais sensível que o VCM e seu valor é diretamente proporcional ao grau de anemia e reticulocitose; quando associados, a sensibilidade para detecção deanisocitose em cães anêmicos é maior. O uso de valores de referência estabelecidos pelo próprio laboratório clínico é de extrema importância.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1