Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito da composição genética nas caraterísticas de conformação em equinos / Effect of genetic composition in conformation traits in horse

Costa, M. D; Mendes, L. J; Maruch, S; Ramirez, P. A; Meneses, A. C. A; Martins Neto, T; Ruas, J. R. M; Chamone, J. M. A.
Arq. bras. med. vet. zootec; 68(6): 1629-1637, nov.-dez. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-17222

Resumo

Objetivou-se verificar o efeito da composição genética nas características morfológicas em equinos com diferentes objetivos de seleção. Foram utilizados 234 equinos sendo 136 da raça Mangalarga Marchador e 90 entre mestiços e puros Quarto de Milha utilizados em vaquejada. Foram mensuradas as medidas lineares de altura na cernelha, na garupa, no dorso, no costado e na cintura pélvica; os comprimentos de corpo, de cabeça, de pescoço, de dorsolombo, de garupa, de espádua, de braço, de antebraço, de canela anterior, de quartela anterior, de coxa, de perna, de canela posterior e de quartela posterior; os perímetros de tórax, de cintura pélvica, de canela anterior e de canela posterior; as larguras de cabeça, de peito e de garupa. O peso corporal foi estimado por meio de fita métrica (em kg). Os ângulos mensurados foram escápulo-solo, escápulo-umeral, úmero-radial, metacarpo-falangiano, pelve-solo, pelve-femoral, fêmur-tíbio-patelar, tíbio-tarso-metatarsiano e metatarso-falangiano descritos. O modelo estatístico considerou os efeitos de sexo, raça e interação sexo*raça com as médias comparadas pleo teste SNK a 5% de significância. Houve interação sexo x raça para as todas as características de alturas e larguras, para as medidas de comprimento do pescoço, do dorsolombo, garupa, espádua, braço antebraço e canela anterior e para as angulações apenas a escápulo-umeral, enquanto a raça teve efeito para todas as medidas angulares (P<0,01) exceto a úmero-radial. Os autores conluíram que os animais das raças Mangalarga Marchador e Quarto de Milha são biótipos geneticamente diferentes em suas medidas lineares e angulares e que as diferenças observadas entre as raças podem estar associadas ao tipo de andamento e à funcionalidade atribuída a cada uma delas induzidas pela seleção.(AU)
This study aimed to verify the effect of the genetic conformation of the tarits in horses with different selection goals. In a total of 234 horses, 136 were from the Mangalarga Marchador breed and 90 were Quarter Horse crossed and pure used in vaquejada. The linear measurements of height at the withers, the rump, the back, on the side and pelvic girdle; the length as body, head, neck, backing sirloin, rump, shoulder, arm, forearm, fore cannon, fore pastern, thigh, leg, hind cannon and hind pastern; the chest perimeters of pelvis, fore hind cannon; the head width, chest and hip; and body weight estimated by measuring tape (kg) were recorded. The measured angles of joints were shoulder-floor, scapulohumeral, humerus-radial, metacarpal-phalangeal, pelvis-floor, pelvis-femoral, femoral-tibial-patellar, tibial-tarsal-metatarsal and metatarsal-phalangeal. The statistical model considered the effects of sex, race and sex x race interaction with means compared byt the SNK test at 5% significance level. There was sex x race interaction for all the features of heights and widths for the neck length measures, the back-loin, rump, shoulder, arm, forearm and fore cannon lenght and angulation just scapulohumeral while the race had effect for all angular measurements (P<0.01) except the radial-humeral. The authors concluded that animals of Mangalarga Marchador and Quarter are genetically different biotypes in their linear and angular measurements and the differences between races may be associated with the type of running and the functionality assigned to each induced selection.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1