Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Partial hepatectomy in a calf with an omphalocele: case report / Hepatectomia parcial em bezerra portadora de onfalocele: relato de caso

Lucas, F. A; Panelli, E. M; Nardin Neto, E; Kandrotas, A. L; Mastrocinque, S; Lataro, R. A; Oliveira, G. G. S.
Arq. bras. med. vet. zootec; 68(6): 1581-1585, nov.-dez. 2016. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17236

Resumo

An omphalocele is a defect in the closure of the abdominal wall during the embryonic stage, preventing the return of some abdominal organs to the cavity. In stillborn animals, the involvement of the liver in the omphalocele has been reported. The aim of the present study is to report the success of a partial liver resection in a female bovine at two days of age which presented an omphalocele at birth. Surgical intervention was indicated to reduce and suture the abdominal wall. During the surgical procedure, the presence of hard, reddish tissue was noted inside the sac covered by the amniotic membrane, with characteristics consistent with hepatic parenchyma. Due to the impossibility of reducing the contents added to the suggestion of tissue infection, we elected to perform a partial resection. The histopathological examination confirmed that the resected tissue was of the hepatic parenchyma. Antibiotic and systemic anti-inflammatory therapies were performed post-surgery. Fifteen days after surgery, infection was detected at the surgical site in addition to abdominal wound dehiscence; surgical reintervention was performed. On physical examination, carried out 4 months after the second operation, the heifer presented normal development for the species. In conclusion, omphalocele may contain liver. Ectopic liver is an extremely rare condition. Surgical treatment in the presented case focused on umbilicus with exploration of the abdominal cavity appeared to be sufficient.(AU)
A onfalocele é um defeito no fechamento da parede abdominal durante a fase embrionária, não permitindo o retorno de alguns órgãos abdominais à cavidade. O envolvimento do fígado em onfalocele tem sido relatado, porém em animais natimortos. Com o presente estudo, objetiva-se relatar uma ressecção parcial do fígado realizada com sucesso em uma fêmea bovina com dois dias de idade apresentando onfalocele ao nascimento. Foi indicada a intervenção cirúrgica para a redução e rafia da parede abdominal. Durante o procedimento cirúrgico, notou-se, no interior do saco recoberto pela membrana amniótica, a presença de tecido firme, de coloração avermelhada, com características compatíveis com parênquima hepático. Devido à impossibilidade de redução do conteúdo e sugestão de infecção do tecido encontrado, optou-se pela ressecção parcial dele. O exame histopatológico confirmou tratar-se de parênquima hepático o tecido resseccionado. No pós-cirúrgico, realizaram-se terapias antibiótica e antiinflamatória sistêmicas. Após 15 dias do procedimento cirúrgico, foi detectada infecção do sítio operatório e deiscência da sutura abdominal, sendo realizada reintervenção cirúrgica. No exame físico, realizado no animal após quatro meses da segunda intervenção cirúrgica, constatou-se desenvolvimento normal para a espécie. Conclui-se que o fígado pode ser conteúdo da onfalolocele, sendo uma condição extremamente rara. O tratamento cirúrgico no caso apresentado, com exploração da cicatriz umbilical e da cavidade abdominal, foi suficiente.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1