Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Antioxidant effect of the pequi oil (Caryocar brasiliense) on the hepatic tissue of rats trained by exhaustive swimming exercises

F. Vale, A.; H. Ferreira, H.; J. Benetti, E.; C. S. Rebelo, A.; C. R. Figueiredo, A.; C. Barbosa, E.; Simões, K..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-17331

Resumo

Abstract Increased oxygen consumption and activation of specific metabolic pathways during or after physical exercise lead to the formation of reactive oxygen and nitrogen species. An investigation was made into the effects of pequi oil supplementation in protecting liver cells against injury resulting from oxidative stress. The experiments involved 20 male adult Wistar rats ( Rattus norvegicus). The animals were divided into four experimental groups: Group 1: sedentary control group; Group 2: exercise control group; Group 3: supplemented sedentary group; and Group 4: supplemented exercise group. Supplementation consisted of pequi oil administered by oral gavage (400 mg). The animals of the exercised groups were subjected to 20 swimming sessions for 5 weeks (with progressive increase of 10 minutes until exhaustion). Samples were collected from the right hepatic lobe for histopathological analysis and determination of malondialdehyde levels. The histopathological analyses revealed that the animals of the exercised control group had moderate liver damage, while the animals of the supplemented exercised group had slight tissue damage, and the sedentary control and sedentary supplemented groups showed no tissue damage. The malondialdehyde levels showed higher and statistically significant in exercise control group when compared to the other evaluated groups (p 0.05). In conclusion the supplementation with pequi oil had a protective effect on liver cells against damage caused by oxygen free radicals during strenuous exercise, as demonstrated by the indicator of lipid peroxidation.
Resumo Aumento do consumo de oxigênio e ativação de vias metabólicas específicas durante ou após a atividade física conduz para formação de espécies reativas de oxigênio e nitrogênio. Uma investigação foi realizada sobre os efeitos da suplementação com óleo de pequi na proteção das células hepáticas contra lesões resultantes do estresse oxidativo. Na realização dos experimentos foram utilizados 20 ratos machos adultos da linhagem Wistar (Rattus novergicus ). Os animais foram divididos em quatro grupos experimentais: grupo 1: grupo sedentário controle; grupo 2: grupo treinado controle; grupo 3: grupo sedentário suplementado e grupo 4: grupo treinado suplementado. Na suplementação foi utilizado o óleo de pequi ministrado por gavagem oral (400 mg). Os animais dos grupos treinados foram submetidos a 20 sessões de natação por um período de 5 semanas (com aumento progressivo de 10 minutos até a exaustão). Foram retiradas amostras do lobo hepático direito para análises histopatológicas, e dosagem de malondialdeído. As análises histopatológicas revelaram que os animais do grupo treinado controle tiveram danos hepáticos moderados; já os animais do grupo treinado suplementado tiveram danos teciduais leves; os grupos sedentário controle e sedentário suplementado não apresentaram injúrias teciduais. Os níveis de malondialdeído mostraram-se maiores e estatisticamente significativos no grupo treinado controle quando comparados aos outros grupos avaliados (p 0,05). Podemos concluir que a suplementação com óleo de pequi teve efeito protetor nas células hepáticas contra os danos causados pelos radicais livres de oxigênio durante os exercícios exaustivos, conforme demonstrado pelo indicador de peroxidação lipídica.
Biblioteca responsável: BR68.1