Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Helicometrina nimia / Helicometrina nimia (Opecoelidae)

Roumbedakis, K; Marchiori, N C; Garcia, P; Pereira Junior, J; Castro, L A S; Martins, M L.
Braz. J. Biol.; 74(2): 472-479, 5/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17556

Resumo

Helicometrina nimia (Opecoelidae) is a digenean with wide distribution. Fish families most commonly used as hosts for H. nimia are Serranidae, Pomodasydae, Scorpaenidae and Clinidae. In the present study, a new host and a new host locality are presented for the species. A description of the studied specimens, besides comments concerning its taxonomic status and biometrically compared tables of H. nimia reports are given. The taxonomic status of members of Helicometrina has been questionable. The greatest controversy for the genus seems to be related to the validity of diagnostic features, especially in regard to the number of testes. In the present study, all studied specimens presented a permanent and steady number of testes (n=9) and therefore its use as a diagnostic character is supported by the present authors. Epinephelus marginatus is considered a new host for Helicometrina nimia, and São Paulo state, southeastern Brazil, a new locality for the species.(AU)
Helicometrina nimia (Opecoelidae) é um digenético com distribuição mundial. As famílias de peixes mais comumente utilizadas como hospedeiros por H. nimia são Serranidae, Pomodasydae, Scorpaenidae e Clinidae. No presente estudo, um novo hospedeiro e uma nova localidade são apresentados para a espécie. A descrição dos espécimes estudados, além de comentários sobre o seu status taxonômico e uma tabela comparativa de medidas de H. nimia são apresentados. O status taxonômico dos membros de Helicometrina tem sido questionável. A maior controvérsia dentro do gênero parece estar relacionada com a validade das características diagnósticas, especialmente no que diz respeito ao número de testículos. No presente estudo, todos os espécimes estudados apresentaram número permanente e estável de testículos (n=9) e, portanto, sua utilização como caráter diagnóstico é suportada pelos presentes autores. Epinephelus marginatus é considerada um novo hospedeiro para Helicometrina nimia e São Paulo, sudeste do Brasil, uma nova localidade para a espécie.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1