Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Retrospective study of ocular complication following phacoemulsification with intraocular acrylic lens implantation in dogs / Estudo retrospectivo das complicações oculares em cães submetidos à facoemulsificação com implantação de lente acrílica

Guimarães, T. G; Honsho, C. S; Mamede, F. V; Dias, F. G. G; Anjos, D. S; Pereira, L. F; Ricordi, I; Jorge, A. T.
Arq. bras. med. vet. zootec; 69(4): 915-920, jul.-ago. 2017.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17973

Resumo

The aim of this study was to analyze for 120 days, post-operative complications following bimanual phacoemulsification with implantation of hydrophilic or hydrophobic intraocular acrylic lens. The hospital records of 15 dogs were analyzed, and distributed in two groups, being Gfi and Gfo the hydrophilic intraocular lens and hydrophobic intraocular lens group, respectively. On the first day, both groups presented blepharospasm, conjunctival hyperemia and flare. On day 1, fibrin was slightly apparent in two and three eyes of Gfi and Gfo, and on day 7, present in one and two patients from Gfi and Gfo. Synechia was observed on day 1 in one eye from Gfi and Gfo. Two eyes from Gfi developed from 7 to 120 days, and in Gfo, one eye developed from 7 to 90 days, on day 120, two eyes formed them. The presence of posterior capsule opacity of the lens in all periods, there was no statistical significant between the groups. Only one eye, in Gfo, that had no opacity formation. The intraocular pressure of both groups remained within normal range. There was no statistical significance between hydrophilic and hydrophobic intraocular lens, the use of intraocular lens has led to satisfactory results in visual ability.(AU)
Objetivou-se com o presente estudo avaliar por 120 dias as complicações após a facoemulsificação bimanual com implantação de lentes acrílicas hidrofílicas ou hidrofóbicas. Os prontuários de 15 cães foram avaliados, sendo distribuídos em dois grupos, Gfi e Gfo, grupos com lentes intraoculares hidrofílicas e com lentes hidrofóbicas, respectivamente. No primeiro dia, ambos os grupos apresentaram blefarospasmo, hiperemia conjuntiva e flare. No dia 1, fibrina foi discretamente observada em dois e três olhos do Gfi e Gfo; no dia 7, observou-se em um e três olhos nos pacientes do Gfi e Gfo. Foi observada sinéquia no dia 1 em um olho do Gfi e do Gfo; em dois olhos do Gfi ocorreu do dia 7 ao dia 120. No Gfo apenas um olho teve sinéquia do dia 7 ao dia 90, contudo aos 120 dias, dois olhos formaram-na. A opacidade de cápsula posterior da lente esteve presente em todos os períodos, não havendo diferença estatística entre os grupos. Somente um olho, do Gfo, não teve formação de opacidade. A pressão intraocular foi normal em ambos os grupos. Não houve diferença estatística entre as lentes hidrofílicas e hidrofóbicas. O uso de lentes intraoculares apresentaram resultados satisfatórios na acuidade visual.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1