Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Dioctophymatosis as cause of dyspnea in a dog / Dioctofimatose como causa de dispnéia em cão

Mistieri, Maria Ligia de Arruda; Dill, Susane Werle; Rampelotto, Carine; Gomes, Etiele Maldonado; Pascon, João Paulo da Exaltação; Segatto, Thaline; Machado, Ingrid Rios Lima.
Ci. Rural; 49(1): e20180490, Jan. 17, 2019. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18846

Resumo

Dioctophyme renale is a parasite of the nematode class that can infect various species, including humans and dogs. Usually, the parasite migrates to the right kidney of the definitive host. Although, aberrant migrations have been previously reported, they mainly occur without clinical manifestations. No reports of dyspnea secondary to D. renale infestation has been found in the reported literature. The aim of this paper is to report intense respiratory distress caused by the presence of the parasite in the thoracic cavity of a dog. Radiographic images revealed multiple circular structures with a cavity with a radiopaque, thick contour in the thorax, which raised the suspicion of pulmonary bullae. Ultrasound examination revealed nematode infestation in the right kidney, scrotum, and thoracic cavity. Subsequently, right nephrectomy, orchiectomy and trans-sternal thoracotomy were performed to remove the parasites. The patient exhibited recovery after the procedures.(AU)
Dioctophyme renale é um parasita da classe de nematoda que pode infectar diferentes espécies, incluindo humanos e cães. Normalmente, o parasita migra para o rim direito do hospedeiro definitivo. Embora migrações erráticas tenham sido relatadas anteriormente, estas geralmente ocorrem sem manifestações clínicas. Não foram encontrados relatos de dispnéia secundária à infestação de D. renale. O objetivo deste trabalho é relatar a presença do parasita na cavidade torácica de um cão, causando angústia respiratória. As imagens radiográficas revelaram a presença de múltiplas estruturas circulares com aspecto de cavidade e contorno espesso radiopaco no tórax, o que suscitou a suspeita de bullae pulmonar. O exame de ultra-som foi determinante na revelação de infestação múltipla por nematódeos, no rim direito, escroto e cavidade torácica. Posteriormente, como medida terapêutica, foram realizadas os procedimentos de nefrectomia direita, orquiectomia e toracotomia transesternal para remoçãodos parasitas. O paciente evoluiu clinicamente bem após os procedimentos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1