Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sheep production during the rainy season in marandu palisadegrass swards previously utilized under deferred grazing / Produção de ovinos no período das águas em pastagens com capim-marandu previamente utilizadas sob pastejo diferido

Sousa, D. O. C; Santos, M. E. R; Fonseca, D. M; Macedo Junior, G. L; Silva, S. P.
Arq. bras. med. vet. zootec; 70(2): 554-562, mar.-abr. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19136

Resumo

The objective of this study was to evaluate the effects of Brachiaria brizantha cv. Marandu syn. Urochloa brizantha cv. Marandu (Marandu palisadegrass) in late winter on pasture structure, apparent selectivity, and sheep production during spring and early summer. The conditions of deferred pastures at the end of winter were: low (15.1cm and 4600kg/ha of DM), medium (23.2cm and 5940kg/ha of DM), high (31.4cm and 7640kg/ha of DM) and high/mowed (31.3cm and 7200kg/ha of DM, mowed to 8cm). The experiment was conducted in split plot design (sward conditions at the end of winter: low, medium, tall and tall/lowered) during time (early, middle and late spring/summer) and completely randomized design with three replications. The percentages of live leaf laminae in available forage and in simulated grazing samples were higher in tall/lowered sward and lower in high sward, oppositely to percentage of dead tissue. Only at the beginning of the grazing period the high/lowered sward had lower forage mass and bulk density. This remained high in high sward during all the grazing period. The sheep performance and the animal production per area were higher in low sward and lower in tall swards. The low sward has better structure and higher sheep production starting at spring. The lower of the marandu palisade grass at late winter improves this structure and increases sheep production during spring and early summer.(AU)
Objetivou-se avaliar os efeitos da condição do pasto diferido de Brachiaria brizantha cv. Marandu syn. Urochloa brizantha cv. Marandu (capim-marandu) no fim do inverno sobre a estrutura do pasto, a seletividade aparente e a produção de ovinos durante a primavera e o início do verão. As condições dos pastos diferidos no fim do inverno foram: baixo (15,1cm e 4.600kg/ha de MS), médio (23,2cm e 5.940kg/ha de MS), alto (31,4cm e 7.640kg/ha de MS) e alto/roçado (31,3cm e 7.200kg/ha de MS, rebaixado para 8cm). O experimento foi conduzido em esquema de parcela (condições dos pastos ao fim do inverno: baixo, médio, alto e alto/roçado) subdividida no tempo (início, meio e fim da primavera/verão) e delineamento inteiramente ao acaso, com três repetições. Os percentuais de lâmina foliar viva na forragem disponível e na amostra de simulação de pastejo foram maiores no pasto alto/roçado e menores no pasto alto, contrariamente ao percentual de tecido morto. Apenas no início do período de pastejo, o pasto alto/roçado apresentou menores massa e densidade volumétrica de forragem. Esta se manteve alta no pasto alto durante todo o período de pastejo. No início do período de pastejo, os pastos apresentaram pior composição morfológica na FD. O desempenho dos ovinos e a produção animal por área foram maiores no pasto baixo e menores no pasto alto. O pasto baixo, no fim do inverno, apresenta melhor estrutura e maior produção de ovinos a partir da primavera. A roçada do pasto de capim-marandu no fim do inverno melhora sua estrutura e aumenta a produção animal durante a primavera e o início do verão.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1