Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The differentiation potential of adipose tissue-derived mesenchymal stem cells into cell lineage related to male germ cells / Potencial de diferenciação de células-tronco mesenquimais derivadas do tecido adiposo em células da linhagem germinativa masculina

Brãunig, P; Glanzner, W. G; Rissi, V. B; Gonçalves, P. B. D.
Arq. bras. med. vet. zootec; 70(1): 160-168, jan.-fev. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19240

Resumo

The adipose tissue is a reliable source of Mesenchymal stem cells (MSCs) showing a higher plasticity and transdifferentiation potential into multilineage cells. In the present study, adipose tissue-derived mesenchymal stem cells (AT-MSCs) were isolated from mice omentum and epididymis fat depots. The AT-MSCs were initially compared based on stem cell surface markers and on the mesodermal trilineage differentiation potential. Additionally, AT-MSCs, from both sources, were cultured with differentiation media containing retinoic acid (RA) and/or testicular cell-conditioned medium (TCC). The AT-MSCs expressed mesenchymal surface markers and differentiated into adipogenic, chondrogenic and osteogenic lineages. Only omentum-derived AT-MSCs expressed one important gene marker related to male germ cell lineages, after the differentiation treatment with RA. These findings reaffirm the importance of adipose tissue as a source of multipotent stromal-stem cells, as well as, MSCs source regarding differentiation purpose.(AU)
O tecido adiposo é uma fonte apropriada de células-tronco mesenquimais (MSCs), as quais demonstram ampla plasticidade com capacidade de transdiferenciar em diversas linhagens. No presente estudo, as células-tronco mesenquimais derivadas do tecido adiposo (AT-MSC) foram isoladas de tecido adiposo localizado nas regiões próximas ao omento e testículos de camundongos. Primeiramente, as AT-MSCs foram comparadas com base na expressão de marcadores antigênicos de superfície e no potencial de diferenciação nas três linhagens mesodérmicas. Além disso, AT-MSC, de ambas as fontes, foram cultivadas com meio de diferenciação contendo ácido retinóico (RA) e / ou meio condicionado testicular (TCC). As AT-MSCs expressaram marcadores de superfície mesenquimais e diferenciaram nas linhagens adipogênica, condrogênica e osteogênica. Após o tratamento com RA, somente as AT-MSCs isoladas do tecido adiposo depositado na região do omento expressaram um único importante marcador relacionado às células da linhagem germinativa masculina. Estes resultados reafirmam a importância do tecido adiposo como fonte de células-tronco estromais-multipotentes, bem como, uma fonte de MSCs para estudos de diferenciação.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1