Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Outbreak of salt poisoning in goats in the state of Pará, Brazil / Surto de intoxicação por sal em caprinos no estado do Pará, Brasil

Duarte, Marcos Dutra; Bezerra Júnior, Pedro Soares; Bomjardim, Henrique dos Anjos; Silva, Natália da Silva; Silveira, José Alcides Sarmento; Faial, Kelson do Carmo Freitas; Albernaz, Tatiane Telez; Barbosa, José Diomedes.
Semina Ci. agr.; 40(2): 687-700, Mar.-Apr. 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19587

Resumo

The present study reports two outbreaks of salt poisoning in goats on a property in the state of Pará, Brazil. The outbreaks occurred in July and August 2011 when young and adult goats received a mineral mixture after approximately three days of restriction from the supplement. The animals were kept in barns with a high stocking density and had an inadequate supply of water. In the second outbreak, the goats were supplemented too with brewery residue added to 3.3% of the mixture mineral. From a flock of 191 goats, 12 animals (nine crossbreeds, two Anglo-Nubians and one Boer) showed nervous symptomatology, and the morbidity rate was 6.28%. The most frequent clinical signs were head lowering, head tilt, muscle weakness, mydriasis and ataxia. Three goats died, four recovered spontaneously from the first outbreak, and five recovered from the second outbreak over three days after treatment with dexamethasone, thiamine and gradual water supply. The lethality rate was 25%. In two animals, necropsy was performed, and no macro- or microscopic alterations in the nervous system or other organs were observed. These negative pathological findings indicate that the neurological clinical signs were initiated by functional disturbances in the central nervous system. In the brain, a high sodium concentration (3703 and 3675 ppm), compared with the reference values for cattle was detected...(AU)
Este trabalho relata dois surtos de intoxicação por sal em caprinos em uma propriedade no estado do Pará, Brasil. Os surtos ocorreram em julho e agosto de 2011 quando caprinos jovens e adultos receberam mistura mineral, após cerca de três dias de restrição do suplemento. Os animais estavam estabulados em baias com lotação acima do recomendado e os bebedouros não atendiam um adequado fornecimento de água. No segundo surto, os caprinos foram suplementados adicionalmente com resíduos de cervejaria acrescido de 3,3% de mistura mineral. De um total de 191 caprinos, nove mestiços, dois Anglonubianos e um Boer, apresentaram sintomatologia nervosa observando-se taxa de morbidade de 6,28%. Os sinais clínicos mais frequentes foram fraqueza muscular, relutância ao movimento, rotação lateral da cabeça com o pescoço estendido e cabeça baixa. Três caprinos morreram, quatro do primeiro surto recuperaram-se espontaneamente, e cinco recuperarm-se após três dias de tratamento com dexametasona, tiamina e fornecimento gradual de água. A taxa de letalidade foi de 25%. Em dois animais necropsiados, não foram observadas alterações macro e microscópicas no sistema nervoso e em outros órgãos. Estes resultados negativos apontaram que os sinais clínicos neurológicos foram desencadeados por distúrbios funcionais no sistema nervoso central. No cérebro destes dois, havia altas concentrações de sódio...(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1