Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sensitivity of breeding values of meat quail as a result of tryptophan: lysine ratios in the diet / Sensibilidade de valores genéticos de codornas de corte em função das relações triptofano: lisina da dieta

Rodrigues, Rúbia Francielle Moreira; Sousa, Mariele Freitas; Cruz, Valdecy Aparecida Rocha; Campideli, Thaiza da Silva; Costa, Leonardo da Silva; Pinheiro, Sandra Regina Freitas; Verardo, Lucas Lima; Bonafé, Cristina Moreira.
R. bras. Saúde Prod. Anim.; 19(4): 403-414, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19781

Resumo

We aimed to evaluate the random regression models that promote the best fit of residual variance predicting the breeding values of quail body weights and the sensitivity of its breeding values to the variations of different tryptophan:lysine ratios in the diets via reaction norms. A total of 1112 meat quails from LF1 and LF2 lines with 35 days of age were evaluated. During the period of 1 to 21 days of age, birds were fed with different tryptophan:lysine ratios (0.17, 0.20, 0.23, 0.26 and 0.29%) containing 2900 kcal ME/kg and 26.10% crude protein, followed by basal diet provided up to 35 days. The best model fit for residual variance was evaluated comparing heterogeneity (2, 3 and 4 classes) and homogeneity (1 class), including sex as fixed effect and the additive genetic effect as random. The second order Legendre polynomial was used to analyze the genotype x environment interaction using reaction norms. The model considering two classes of residual variance was the one that promoted the best fit of the data, being adopted to predict the breeding values. Thus, we observed changes in the sensitivity of the breeding values, characterized by the rearrangement of the breeding values, according to the different ratios of amino acids, suggesting the genotype x environment interaction.(AU)
Objetivou-se avaliar o modelo de regressão aleatória que promove o melhor ajuste da variância residual para a predição dos valores genéticos dos pesos corporais de codornas de corte e a sensibilidade dos seus valores genéticos às variações de diferentes relações triptofano:lisina. Foram avaliadas 1112 codornas de corte das linhagens LF1 e LF2, do nascimento aos 35 dias de idade. No período de 1 a 21 dias de idade as aves receberam alimentação com dietas de diferentes relações triptofano:lisina (0,17, 0,20, 0,23, 0,26 e 0,29%), contendo 2900 kcal EM/kg e 26,10% de proteína bruta, seguido pelo fornecimento de ração basal até os 35 dias. Foi avaliado o ajuste da variância residual comparando a homogeneidade (1 classe) e a heterogeneidade (2, 3 e 4 classes) incluindo o sexo como efeito fixo e o efeito genético aditivo como aleatório. O polinômio de Legendre de segunda ordem foi utilizado para a análise da interação genótipo x ambiente utilizando normas de reação. O modelo que considerou duas classes de variância residual foi o que promoveu o melhor ajuste dos dados e foi adotado para predição dos valores genéticos. Desta forma, foi observada alteração na sensibilidade dos valores genéticos, caracterizados pelo reordenamento dos valores genéticos, em função das diferentes relações estudadas, indicando a presença de interação genótipo x ambiente.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1