Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Incidência de leishmaniose tegumentar americana no norte de Mato Grosso entre 2001 e 2008 / Incidence of cutaneous Leishmaniasis in the north of Mato Grosso among 2001 and 2008

Nobres, Evaldir de Souza; Souza, Laudenice Aparecida de; Rodrigues, Domingos de Jesus.
Acta amaz.; 43(3): 297-303, set. 2013. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-19922

Resumo

Incidence of cutaneous Leishmaniasis recorded in the Health Regional Office of Sinop (ERS-SINOP), which covers 17 cities located at the north of Mato Grosso was examined considering the numbers of reported cases by municipalities, gender, age and rainfall seasonality. Data were obtained from the National System of Notification Diseases (Sistema Nacional de Agravos de Notificações) between 2001 and 2008. We calculated the incidence of cutaneous Leishmaniasis in each municipality. Leishmaniasis prevalence rate from 2001 to 2008 was higher in the cities of Nova Ubiratã (857.2 cases per 100,000 population), Feliz Natal (834.5 per 100,000) and Vera (557.0 per 100,000). The average incidence (334.9 per 100,000 population) recorded at the ERS-Sinop was 4.5 times higher than that recorded for the whole North Region of Mato Grosso. The disease was more severe for people between 20 and 49 years old, irrespective of gender. Incidence was higher in males (64.8%). The number of cases recorded in the drought period was 60%. In the region, part of the population of the study area is exposed to direct contact with the vector of Leishmania, while they are working in activities such as selective logging, farming and mining.(AU)
A incidência da Leishmaniose Tegumentar Americana registrada no Escritório Regional de Saúde de Sinop o qual abrangem 17 municípios foi analisada considerando os números de casos notificados por município, sexo, faixa etária e sazonalidade. A coleta das informações foi obtida no Sistema Nacional de Agravos de Notificação entre 2001 e 2008. Foi calculada a incidência da doença em cada município. Para avaliar a influência da sazonalidade sobre a LTA, foram usados os dados de janeiro de 2001 a dezembro de 2008. Os coeficientes de detecção para os anos de 2001 a 2008 foram maiores nos municípios de Nova Ubiratã (857,2 por 100.000 habitantes), Feliz Natal (834,5 por 100.000 habitantes) e Vera (557,0 por 100.000 habitantes). A média de incidência (334,9 por 100.000 habitantes) da ERS-Sinop foi 4,5 vezes maior que a média da região norte. A faixa etária mais acometida foi entre 20 e 49 anos em ambos os sexos e, sendo que o sexo masculino foi o mais acometido 64,78%. O número de casos registrados no período da seca foi de 60%. Grande parte da população da região está exposta ao contato direto com o vetor da Leishmania, principalmente devido a alguns tipos de atividades econômicas desenvolvidas na região tais como: O corte seletivo de madeira, a agropecuária e a mineração.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1