Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Parâmetros citológicos e bioquímicos do líquido cefalorraquidiano coletado de bovinos sadios em dois momentos, com intervalo de 96 horas

Cunha, P.H.J.; Andrade, D.G.A.; Oliveira-Filho, J.P.; Badial, P.R.; Passarelli, D.; Takahira, R.K.; Lisboa, J.A.N.; Borges, A.S..
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-20167

Resumo

ABSTRACT The analysis of cerebrospinal fluid (CSF) is important for the diagnosis of neurological diseases in cattle. However, the effect of consecutive collections on the cytological and biochemical parameters of the CSF has not been evaluated yet. The objective of the present study was to evaluate potential differences on the cytological and biochemical analysis of CSF obtained from healthy cattle at two sampling times with 96 hours of interval in between. Total and differential cell counts, and total protein concentration were analyzed in the CSF. Increased cellularity and significant reduction of lymphocyte and elevated numbers of mononuclear cells were observed on the second collection. However, erythrocyte count (/µl), total leukocyte count (/µl), neutrophils (%), eosinophils (%) and total protein concentration (mg/dl) remained within the reference range 96 hours after the completion of the first puncture. In conclusion, consecutive CSF collections cause no detectable local inflammation 96 hours after the first puncture suggesting that repeated collections do not interfere in the CSF results.
RESUMO A análise do líquido cefalorraquidiano (LCR) é uma importante ferramenta no diagnóstico das doenças neurológicas dos bovinos. A coleta do LCR em diferentes momentos facilita o monitoramento do quadro clínico e/ou a avaliação da eficácia de tratamentos estabelecidos. Todavia, os efeitos de coletas consecutivas sobre os parâmetros citológicos e bioquímicos do LCR de bovinos saudáveis ainda não foram analisados. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar potenciais diferenças citológicas e bioquímicas no LCR de bovinos sadios, obtidos em dois momentos, com intervalo de 96 horas. O LCR foi submetido à análise citológica e à determinação do teor de proteína total. Na segunda coleta, verificou-se aumento significativo da celularidade, porém ainda dentro do intervalo de referência para a espécie, diminuição de linfócitos e elevação de células mononucleares em relação à primeira coleta. No entanto, os números de hemácias (/µL), células nucleadas (/µL), neutrófilos (%), eosinófilos (%) e a concentração da proteína total (mg/dL) continuaram dentro dos valores de referência 96 horas após a realização da primeira punção. Conclui-se que os procedimentos de coleta de LCR consecutivos não provocaram inflamação local detectável 96 horas após a primeira punção, o que sugere que, quando necessário, coletas de LCR seriadas, por si só, não interfeririam nos resultados do exame.
Biblioteca responsável: BR68.1