Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Quantification of Treg cells in peripheral blood and lymph nodes of dogs with multicentric lymphoma

Anai, L.A.; Munhoz, T.D.; Semolin, L.M.S.; Reis Filho, N.P.; Terra, E.M.; Jark, P.C.; Fonseca, D.M.; Nogueira, A.F.S.; Tinucci-Costa, M.; Santana, A.E..
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-20189

Resumo

ABSTRACT Lymphoma is a malignant tumor characterized by cell proliferation of lymphoid origin and corresponds to 90% of all hematopoietic neoplasms of dogs. Regulatory T cells (Tregs) have been the target of many investigations in oncology due to their potential of down-regulating immune responses, as well as ensuring the maintenance of active mechanisms of tumor suppression. The aims of the present study were to compare the percentage of Tregs in peripheral blood between dogs with multicentric lymphoma and healthy animals, together with the percentage of Tregs in peripheral blood and lymph nodes of dogs with multicentric lymphoma. Twenty-six animals were enrolled in the study: 10 healthy dogs comprised the control group (CG) and 16 dogs with multicentric lymphoma comprised the Lymphoma Group (LG). We observed that dogs in the LG showed a significantly higher Tregs expression in peripheral blood compared to the CG. No significant difference was observed between Tregs expression in lymph nodes and peripheral blood of the LG, however. With these results, it is possible to conclude that multicentric lymphoma is a neoplasm with high Tregs expression, which poses this as a condition of interest when investigating treatments that can suppress Regulatory T cells.
RESUMO O linfoma é uma neoplasia maligna caracterizada pela proliferação neoplásica de células originadas de tecido linfoide e corresponde a cerca de 90% das neoplasias hematopoiéticas em cães. Células T reguladoras (Tregs) têm sido alvo de diversas investigações na área da oncologia devido ao potencial de regulação negativa da resposta do sistema imune e à manutenção ativa do mecanismo de imunossupressão tumoral. O objetivo do presente estudo foi a comparação da porcentagem de Tregs no sangue periférico entre cães com linfoma multicêntrico e animais saudáveis e a porcentagem de Tregs no sangue periférico e nos linfonodos de cães com linfoma multicêntrico. Foram utilizados 26 animais: 10 cães saudáveis, como grupo controle (CG), e 16 cães com linfoma multicêntrico, como grupo linfoma (LG). Observou-se maior expressão de Tregs no sangue periférico de cães do LG em comparação ao CG. Entretanto, não foi observada diferença significativa entre as expressões de Treg nos linfonodos e no sangue periférico do LG. Com esses resultados, foi possível concluir que o linfoma multicêntrico apresenta alta expressão de Tregs, tornando-se condição interessante para o estudo de tratamentos capazes de suprimir as células T reguladoras.
Biblioteca responsável: BR68.1