Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Resposta inflamatória peritoneal de asininos (Equus asinus) submetidos à ovariectomia por laparotomia e laparoscopia / Peritoneal inflammatory response of the donkeys (Equus asinus) submitted ovariectomy by laparotomy and laparoscopy

Barros, I. O; Fonseca, N. B. S; Nunes, T. L; Spagnolo, J. D; Santos, J. P. A; S. Neto, A; Oliveira, M. G. C; Nogueira, A. F. S; Sousa, R. S; Silva, L. C. L. C; Barrêto Júnior, R. A.
Arq. bras. med. vet. zootec; 70(5): 1468-1476, set.-out. 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-20491

Resumo

Objetivou-se avaliar resposta inflamatória e concentrações de proteínas em líquido peritonealde asininas submetidas à ovariectomia por laparotomia e laparoscopia. Foram utilizadas 18 fêmeas adultas, pesando em média 100kg, as quais foram divididas em dois grupos, de nove animais cada: o grupo I, em que foram ovariectomizadas por laparotomia, e o grupo II por laparoscopia. Após as cirurgias, em ambos os grupos foram avaliadas as seguintes variáveis no líquido peritoneal: pH, densidade, número de hemácias, leucócitos e proteínas de fase aguda (fibrinogênio, haptoglobina, albumina, antitripsina, alfa-1 glicoproteína ácida, ceruloplasmina, transferrina, imunoglobulinas A e G). Todas as variáveis foram analisadas antes das cirurgias, 12, 24, 48, 72 horas, oito e 16 dias após os procedimentos cirúrgicos. O número de hemácias e leucócitos aumentou 24 horas depois das cirurgias nos dois grupos. Haptoglobina, alfa-1 glicoproteína ácida,albumina, transferrina, gamaglobulinas A, G e proteínas totais aumentaram nos dois grupos. As concentrações de ceruloplasmina não variaram enquanto a antitripsina não foi detectada no líquido peritoneal de asininos.Foi identificada uma proteína com23.000kD, que não tem denominação nem descrição no líquido peritoneal de asininos.(AU)
The aim of this study was to evaluate the inflammatory response and protein concentrations in the peritoneal fluid of donkeys submitted to laparotomy and laparoscopic ovariectomy. Eighteen adult females, weighing on average 100kg, were divided into two groups, of 09 animals each, where in group I, they were ovariectomized by laparotomy and group II by laparoscopy. Following the surgeries, the following variables were evaluated in the peritoneal fluid: pH, density, number of red cells, leukocytes and acute phase proteins (fibrinogen, haptoglobin, albumin, antitrypsin, alpha-1 acid glycoprotein, ceruloplasmin, transferrin, Immunoglobulins A and G). All variables were analyzed before the surgeries, 12, 24, 48, 72 hours, 8 and 16 days after the surgical procedures. The number of red cells and leukocytes increased 24 hours after the surgeries in both groups. Haptoglobin, alpha-1 acid glycoprotein, albumin, transferrin, gammaglobulins A and G, and total proteins increased in both groups. Concentrations of ceruloplasmin did not change while antitrypsin was not detected in the asinine peritoneal fluid. A protein of 23,000kD, which has no name or description in the peritoneal liquid of donkeys, has been identified.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1