Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação da frequência cardíaca materna, fetal e neonatal e sua variabilidade em equinos da raça Paint Horse / Maternal, fetal and neonatal heart rate evaluation and its variability in the Paint Horse breed

Alfonso, Angélica; Cruz, Raíssa K. S; Quevedo, Dario A. Cedeño; Padovani, Carlos Roberto; Gonçalves, Roberto C; Chiacchio, Simone B; Lourenço, Maria Lúcia G.
Pesqui. vet. bras; 38(3): 551-557, mar. 2018. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-20560

Resumo

Os objetivos deste estudo foram descrever a frequência cardíaca (FC) e os índices de variabilidade da frequência cardíaca (VFC) materna e fetal no terço final da gestação, bem como descrever a evolução do desenvolvimento do sistema nervoso autônomo durante o período fetal e neonatal. Foram avaliados 20 animais de cada categoria, cujos exames eletrocardiográficos, maternos e fetais, foram realizados aos 15 e sete dias pré-parto. Quanto ao eletrocardiograma neonatal, os momentos avaliados foram ao nascimento até as primeiras 48 horas de vida, e posteriormente, uma vez por semana até os 35 dias de idade. Ocorreram diferenças significativas na frequência cardíaca fetal (FCF) no período avaliado, porém os índices de VFC fetais não se alteraram. Não foram encontradas diferenças significativas nos índices de VFC materna. A média da FCF diminuiu significativamente dos 15 para sete dias do pré-parto (95,6±11,4 bpm; 83,1±12,6, respectivamente), entretanto os índices de VFC fetal não diminuíram. Os resultados obtidos da VFC fetal e neonatal deste estudo, quando comparados aos maternos, indicaram predomínio parassimpático durante a fase fetal e, simpático durante a neonatal, até a terceira e/ou quarta semanas de idade, momento no qual se inicia o equilíbrio entre os dois sistemas.(AU)
The aim of this study were to describe the heart rate (HR) and indexes of maternal and fetal heart rate variability (HRV) in final period of pregnancy, as well as to describe the evolution of the development of autonomic nervous system during fetal and neonatal period. There were 20 animals in each category, whose maternal and fetal electrocardiographic examinations were performed at 15 and 7 days antepartum. Neonatal ECG it was evaluated at birth until the first 48 hours of life, and then once a week up to 35 days. There were significant differences in fetal heart rate (FHR) during this period, but the fetal HRV indexes have not changed. There were no significant differences in the rates of maternal HRV. The mean of fetal HR decreased significantly from 15 to seven antepartum days (95.6±11.4 bpm; 83.1±12.6, respectively), though the fetal HRV indexes have not decreased. The results of fetal and neonatal HRV in the present study, when compared to maternal indicate the parasympathetic dominance during fetal and neonatal sympathetic phase during to the third and/or fourth weeks of age, at which point begins the modulation of the two systems.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1