Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Pedometria e acompanhamento bioquímico no pós-operatório de bovinos Nelore com onfalopatias / Pedometer and biochemistry monitoring on postoperative from Nelore cattle with umbilical diseases

Teodoro, P. H. M; Silva, J. R. B; Santos, P. S. P; Viana Filho, M. N; Alves, A. L. G; Hussni, C. A; Watanabe, M. J; Rodrigues, C. A.
Arq. bras. med. vet. zootec; 70(4): 1150-1162, jul.-ago. 2018. tab, graf, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-20611

Resumo

A analgesia pós-operatória em bovinos, por vezes, é negligenciada, frequentemente por falta de métodos quantitativos para seu diagnóstico e dimensionamento. Os objetivos deste trabalho foram: avaliar a pedometria e o acompanhamento bioquímico no pós-operatório de bovinos Nelore com onfalopatias e comparar a eficiência anti-inflamatória e analgésica entre diferentes doses de flunixin meglumine e meloxicam nesses animais. Foram utilizados 24 bovinos; deste total, 18 animais foram submetidos a laparotomia para tratamento das onfalopatias e, posteriormente, divididos em três grupos de animais: G1, que recebeu 1,1mg/kg flunixin; G2, 2,2mg/kg flunixin; G3, 0,5mg/kg meloxicam. A via de eleição para os tratamentos foi a IM, uma vez ao dia, totalizando seis aplicações. Outros seis bovinos saudáveis compuseram o grupo controle (GC). As coletas do sangue total para mensuração do cortisol plasmático foram realizadas antes e depois da cirurgia, assim como a leitura do pedômetro e o exame clínico. As concentrações plasmáticas de cortisol diferiram apenas no M0, entre o GC e os grupos tratados. O flunixin meglumine em diferentes doses e o meloxicam foram equivalentes no tratamento da dor pós-operatória e no efeito anti-inflamatório em bovinos submetidos à laparotomia para tratamento das onfalopatias.(AU)
Postoperative analgesia in cattle is sometimes overlooked, frequently due to the lack of quantitative methods for diagnosis and measurement. The objectives of this study were: to analyze the pedometric and biochemistry alterations of postoperative period in Nelore bovines with umbilical diseases; compare the anti-inflammatory and analgesic efficiency between different doses of flunixin meglumine and meloxicam in the postoperative of umbilical diseases in these animals. Twenty four bovines were used. From this total, 18 animals were submitted to laparotomy for treatment of umbilical diseases and subsequently divided into three groups of animals: G1, which received 1.1mg/kg flunixin, G2 2.2mg/kg flunixin, G3 0.5mg/kg meloxicam. Six other healthy cattle were allocated to the control group (CG). Total blood samples for plasma cortisol clinical examination was performed on standardizer times. Plasma cortisol concentrations differed only in the M0 between GC and treated groups. Flunixin meglumine in different doses and meloxicam were equivalent in the treatment of postoperative pain and anti-inflammatory effect in cattle submitted to laparotomy for the treatment of umbilical diseases.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1