Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Bacteria from the Bacillus cereus group as contaminants in requeijão curd cheeses and especialidade láctea tipo requeijão / Bactérias do grupo Bacillus cereus como contaminantes em queijos fundidos requeijão e especialidade láctea tipo requeijão

Hachiya, Jamile de Oliveira; Rossi, Gabriel Augusto Marques; Silva, Higor Oliveira; Sato, Rafael Akira; Vidal, Ana Maria Centola; Amaral, Luiz Augusto do.
Arq. Inst. Biol.; 85: e0952016, 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21104

Resumo

This study aimed to evaluate the occurrence of Bacillus cereus group in requeijões and especialidades lácteas tipo requeijão (regular and light) and to verify if there is differences in relation to this occurrence among different categories of these products. A set of 14 (35%) lots was contaminated with this bacterial group from the 40 lots with low counts (maximum 3.1 × 10 CFU/g), and no significant difference regarding counts or presence/absence were observed among the categories of the products. It can be concluded that contamination by B. cereus group in these products is unable to consist in risk to consumers, regarding adequate refrigeration during selling. This study was the first one to report this bacteria group for these dairy products and highlights the needs of further investigations to evaluate the impact of its spoilage during shelf life.(AU)
Este estudo objetivou avaliar a ocorrência de bactérias do grupo de Bacillus cereus em requeijões e especialidades lácteas (normais e light) e verificar se há diferença em relação a essa ocorrência entre as diferentes categorias desses produtos. Entre os 40 lotes avaliados, 14 (35%) estavam contaminados por bactérias desse grupo, com baixas contagens (máxima de 3,1 × 10 UFC/g) e sem diferenças significativas no que tange às contagens ou à presença/ausência entre as diversas categorias. Conclui-se que as bactérias do grupo de B. cereus em requeijões e especialidades lácteas são incapazes de consistir em risco aos consumidores desses produtos, desde que as condições de refrigeração sejam adequadas durante armazenamento e venda. O presente trabalho é o primeiro a relatar a presença de tal grupo de micro-organismos nesses tipos de produtos, porém, são necessários novos estudos para avaliar o impacto de sua ação deteriorante sobre o período em que passa na prateleira.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1