Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Use of focus assessed transthoracic echocardiography (FATE) in the veterinary emergency room / Aplicabilidade da avaliação ecocardiográfica transtorácica focada (FATE) na sala de emergência veterinária

Lucina, Stephany Buba; Sarraff-Lopes, Ana Paula; Sousa, Marlos Gonçalves.
Ci. Rural; 47(12): 1-10, dez. 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21387

Resumo

The use of bedside focus assessed transthoracic echocardiography (FATE) is widespread in human medicine, and the potential for veterinary medicine has only recently been investigated. Focused echocardiographic examination can be beneficial in critically ill patients compared to other bedside diagnostic methods, as well as facilitating rapid therapeutic approaches in the emergency room. The aim of this review is to discuss FATE and identify its main applications in veterinary medicine. In this context, FATE has proved to be benefical even when carried out by a non-cardiologist physician or veterinarian. However, a few references on this subject exist in the veterinary literature and there is still a need for standardization of this technique for use in animals.(AU)
A avaliação ecocardiográfica transtorácica focada (FATE) utilizada em pacientes à beira leito já é bastante difundida na medicina, e apenas, recentemente tem se discutido a respeito deste assunto na medicina veterinária. Este exame pode trazer diversos benefícios aos pacientes críticos comparado aos outros métodos diagnósticos, além de facilitar e agilizar condutas terapêuticas na sala de emergência. O objetivo desta revisão é abordar a respeito desta modalidade de exame e identificar quais são suas principais aplicabilidades na medicina veterinária. Dentro deste contexto, a FATE tem se mostrado benéfica inclusive quando realizada por médicos ou veterinários não cardiologistas. No entanto, poucas são as referêcias veteriárias a respeito deste assunto e ainda há necessidade de uma padronização desta técnica para uso em animais.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1