Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Uso de sêmen refrigerado bovino: quebrando paradigmas / Colled bovine semen: breaking paradigms

Silva, Juliana Corrêa Borges; Silva, Márcio Ribeiro; Silva, Renato Guimarães da; Nogueira, Eriklis; Oliveira, Luiz Orcírio Fialho de; Abreu, Urbano Gomes Pinto de; Nicacio, Alessandra Corallo; Rodrigues, Walvonvitis Baes.
R. bras. Reprod. Anim.; 43(2): 284-288, abr.-jun. 2019.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21802

Resumo

A utilização do sêmen refrigerado (SR) cresce a cada dia, no entanto mais estudos são necessários para validar e viabilizar o uso em massa desta biotécnica, garantindo aumento dos índices de prenhez, quando utilizamos sêmen refrigerado comparado com o sêmen congelado de um mesmo touro. A membrana plasmática é a parte da estrutura do espermatozoide mais susceptível a modificações durante o processo de criopreservação, as quais são causadas por alterações de temperatura induzidas sobre as células (curva de resfriamento e congelamento, além do processo de pós-descongelamento), ou seja, em última análise, ocorre a diminuição da viabilidade das células, principalmente, porque a membrana espermática é submetida a rearranjos estruturais envolvendo lípideos e proteínas. Assim, quanto menor for o processamento, mais células viáveis estarão disponíveis no momento da fecundação e, consequentemente, aumentará a prenhez. Na tentativa de diminuir as perdas celulares, o uso do sêmen refrigerado ressurge com a possibilidade de aumentar a prenhez nos protocolos de IATF.(AU)
The use of cooled semen (CS) has been increase every day, however more researches are needed to validate and spread this biotech, improves pregnancy rates higher than when compared to the frozen semen of same bull. Plasma membrane is the part of the sperm structure most susceptible to modifications during the cryopreservation process caused by changes in temperature that the cell undergoes (cooling and freezing curve besides the process of post-thawing), that is, in the last analysis, there is a decrease in cell viability, mainly because the sperm membrane is submitted to structural rearrangements involving lipids and proteins. Thus, the smaller the processing, the more viable cells will be available at the time of fertilization and consequently, the pregnancy will increase. In an attempt to decrease cell losses, the use of cooled semen resurfaces with the possibility of increasing pregnancy in the IATF protocols.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1