Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Evaluation of sulfur source and dose on the nutritional state and production of piatã forage / Avaliação de fonte e dose de enxofre no estado nutricional e produção de forragem do piatã

Santos, Luiz Felipe de Melo; Lapaz, Allan de Marcos; Tomaz, Rafael Simões; Lira, Maikon Vinicius da Silva; Moreira, Adônis; Reis, André Rodrigues dos; Heinrichs, Reges.
Semina Ci. agr.; 40(3): 1237-1248, 2019. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21831

Resumo

Sulfur deficiency in soils has become a worldwide concern for agricultural production. This study aimed to evaluate the concequence of variable sulfur source and dosing on the nutritional status and production of Piatã forage in a dystrophic Ultisol. The experiment was arranged in a completely randomized block design with four replications. The 4 x 5 factorial treatments consisted of four sulfur sources (elemental sulfur pastilles [ESPA], gypsum [GY], gypsite [GI], and elemental sulfur powder [ESPO]) and five sulfur doses (0, 50, 100, 150. and 200 mg kg-1). The sulfur applications resulted in similar maximum shoot dry mass (SDM) production (16.66 to 17.69 g pot-1) with all sources. However, Piatã grass achieved maximum production in the treatments with 112 mg kg-1 of GI, 118 mg kg-1 of GY and ESPA, and 146 mg kg-1 of ESPO. The number of tillers, the leaf:stem ratio, and SPAD increased with increasing sulfur dose. The greatest increments of root dry mass (RDM) and of the tiller number were obtained with the ESPO source. Macronutrient concentrations in shoot dry mass tissue were in the order K > N > Ca > P > S > Mg. Low sulfur supply resulted in decreased Piatã grass growth with all sulfur sources tested. Differential responses were found with applications of different sulfur sources for SDM, RDM, and tillers number. The sources did not alter the leaf:stem ratio or SPAD index.(AU)
A deficiência de enxofre nos solos tem se tornado uma preocupação mundial para a produção agrícola. Este estudo teve como objetivo avaliar a conceituação da variável fonte e dose de enxofre no estado nutricional e produção de forragem do Piatã em um Argissolo Vermelho distrófico. O experimento foi arranjado em blocos ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos foram dispostos em esquema fatorial 4 x 5, sendo constítuído de quatro fontes de enxofre (enxofre elementar pastilhado [ESPA], gesso [GY], gibsita [GI] e enxofre elementar em pó [ESPO]) e cinco doses de enxofre (0, 50, 100, 150 e 200 mg kg-1). As aplicações de enxofre resultaram em uma produção similar de massa seca da parte aérea (SDM) (16,66 a 17,69 g vaso-1) com todas as fontes. No entanto, o capim Piatã alcançou a produção máxima nos tratamentos com 112 mg kg-1 para GI; 118 mg kg-1 para GY e ESPA; e 146 mg kg-1 de ESPO. O número de perfilhos, a relação folha: haste e SPAD aumentaram com o aumento das doses de enxofre. Os maiores incrementos de massa seca da raiz (RDM) e do número de perfilhos foram obtidos com a fonte ESPO. As concentrações de macronutrientes na parte aérea foram na ordem de K > N > Ca > P > S > Mg. A baixa oferta de enxofre resultou na diminuição do crescimento do capim Piatã com todas as fontes de enxofre testadas. Respostas diferenciais foram encontradas com as diferentes aplicações de fontes de enxofre para SDM, RDM e número de perfilhos. As fontes não alteraram a relação folha: haste ou índice SPAD.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1