Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Spray-dried porcine plasma in dog foods: implications on digestibility, palatability and haematology / Plasma suíno spray-dried na alimentação de cães: implicações na digestibilidade, palatabilidade e hematologia

Andrade, Talita de; Lima, Daniele Cristina de; Domingues, Lidiane Priscila; Félix, Ananda Portella; Oliveira, Simone Gisele de; Maiorka, Alex.
Semina Ci. agr.; 40(3): 1287-1296, 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21864

Resumo

The objective of this study was to evaluate food palatability, digestibility and blood parameter of dogs fed diets containing increasing levels of spray-dried porcine plasma (SDP). We also aimed to evaluate the SDP digestibility for dogs. We used 36 dogs distributed in 3 experiments. In the digestibility assay (Experiment 1), eight adult Beagles were distributed according to a double Latin square design (4 x 4). The following diets were evaluated: 0, 4, 8, and 12% SDP of diet. In the palatability trial (Experiment 2), 20 adult dogs were used. Diets containing 0 and 4% SDP were pair-wised compared. Blood parameters (Experiment 3) were evaluated in eight adult Beagles. Dogs were fed the diet with 0% for 10 days and then the diet with 12% SDP for further 10 days. Dietary SDP inclusion promoted a linear increase (P<0.05) in the coefficients of total tract apparent digestibility (CTTAD) of dry matter (DM) and crude protein (CP). The CTTAD of DM and CP obtained by analysis of regression of the SDP were 0.981 and 0.912, respectively. Diet palatability was reduced when 4% SDP was included in the diet (P<0.05). Total circulating leukocytes, total plasma protein, and albumin levels increased when 12% SDP was included in the diet (P<0.05), but other blood parameters were not affected (P>0.05). In conclusion, SDP shows high digestibility of CP and DM, being feasible its use in diets for dogs. However, it is important to study the effects of inclusion levels lower than 4%, in order to do not compromise diet palatability.(AU)
O objetivo do estudo foi avaliar a digestibilidade, palatabilidade e parâmetros sanguíneos em cães alimentados com dietas contendo crescentes níveis de plasma suíno spray-dried (PSD). Ainda, objetivou-se isolar a digestibilidade do PSD em cães. Foram utilizados 36 cães distribuídos em 3 experimentos. Para o ensaio de digestibilidade (Experimento 1) foram utilizados oito cães adultos da raça Beagle, distribuídos em quadrado latino duplo (4x4). Foram avaliadas quatro dietas: 0%, 4%, 8% e 12% PSD. Para avaliação da palatabilidade (Experimento 2) foram utilizados 20 cães adultos. Foram comparadas duas dietas: 0% PSD vs. 4% PSD. Para a avaliação hematológica (Experimento 3) foram utilizados oito cães adultos Beagles. Todos os cães foram alimentados com a dieta 0% PSD por 10 dias e posteriormente com a dieta contendo 12% PSD por mais 10 dias. Houve aumento linear (P<0,05) dos coeficientes de digestibilidade aparente (CDA) da matéria seca (MS) e da proteína bruta (PB) com a inclusão de PSD na dieta. Os CDA da MS e PB do PSD, obtidos por análise de regressão foram de 98.1% e 91.2%, respectivamente. O nível de 4% PSD reduziu a palatabilidade da dieta (P<0,05). Houve aumento dos leucócitos totais circulantes, proteínas totais e albumina (P<0,05), não havendo alterações nas demais variáveis hematológicas (P>0,05), nos cães alimentados com 12% PSD. Conclui-se que o PSD apresenta elevada digestibilidade da PB e MS, sendo viável o seu uso em dietas para cães. Entretanto, é importante estudar os efeitos de níveis de inclusão menores que 4%, a fim de não comprometer a palatabilidade da dieta.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1