Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Influência de duas culturas nativas de Lactobacillus spp. isoladas ou em co-cultura com Streptococcus thermophilus na fermentação de leite de cabra / Influence of two indigenous cultures of Lactobacillus spp. solely or in co-culture with Streptococcus thermophilus in the fermentation of goat milk

Galdino, Isadora Kaline Camelo Pires de Oliveira; Oliveira, Marcia Muniz; Oliveira, Aryanne Teixeira; Santos, Karina Maria Olbrich dos; Buriti, Flávia Carolina Alonso.
Hig. aliment; 33(288/289): 623-627, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21960

Resumo

O uso combinado de probióticos e culturas starters permite elaborar produtos lácteos fermentados com características sensoriais agradáveis, nutritivos e benéficos à saúde. O objetivo deste estudo foi analisar o comportamento fermentativo de cepas nativas de lactobacilos com potencial probiótico isolados ou em co-cultura com Streptococcus thermophilus (starter) em quatro tratamentos de leites de cabra fermentados: T1 Lactobacillus plantarum CNPC 001; T2 L. plantarum + S. thermophilus; T3 Lactobacillus mucosae CNPC 007; T4 L. mucosae + S. thermophilus. A formulação T2 resultou em maior acidificação do leite, com menor pH (4,33) e maior acidez titulável (0,653g de acido lático 100g-1 ), porém com menor viabilidade de Lactobacillus sp. (7,92 log UFC g-1) em comparação à co-cultura L. mucosae e S. thermophilus (8,63 log UFC g-1 em T4).(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1