Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Expression patterns of mesenchymal stem cell-specific proteins in adipose tissue-derived cells: possible immunosuppressing agent in partial allograft for restoring the urinary bladder in rabbits / Padrão de expressão de proteínas específicas das células-tronco mesenquimais derivadas de tecido adiposo: possível agente imunossupressor em aloenxerto parcial para restauração de vesícula urinária de coelhos

Pinto Filho, Saulo T. L; Pillat, Micheli M; Rosa, Matheus P; Dalmolin, Fabíola; Ulrich, Henning; Pippi, Ney L.
Pesqui. vet. bras; 38(12): 2183-2189, dez. 2018. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22406

Resumo

Adipose tissue-derived stem cells (ADSCs) are an attractive source of mesenchymal stem cells (MSCs) for use in tissue engineering and clinical applications. This paper focuses on the characterization of ADSCs used as immunosuppressive agent in rabbits undergoing partial allograft for urine bladder restorage. For this study highlighted the characterization of the ADSCs used as immunosuppressive agents in rabbits submitted to partial allograft for restoration of the urinary vesicle, using 25 animals, six months old, New Zealand. ADSCs at the third peal were characterized by the MSC-specific CD105, CD73 and CD90 expression and by the absence of the hematopoietic marker CD45, as revealed by flow cytometry analysis. Moreover, ADSCs were efficient in preventing allograft rejection from the urinary bladder, as judged by biochemical, clinical and ultrasonography analysis. Together, these results compose characterization of protein expression profiles and immunosuppressive functionality of ADSCs in rabbits, which had undergone partial allografts of the urinary bladder, foreseeing future applications in clinical practice.(AU)
As células mesenquimais derivadas de tecido adiposo (ADSCs) são uma fonte atraente de células-tronco mesenquimais (MSCs) para uso na engenharia de tecidos e suas aplicações clínicas. Este trabalho destacou a caracterização das ADSCs utilizadas como agentes imunossupressores em coelhos submetidos a aloenxerto parcial para restauração da vesícula urinária, sendo utilizados 25 animais, de seis meses de idade, Nova Zelândia. As ADSCs, após o terceiro repique, foram caracterizadas pela expressão específica de MSC CD105, CD73 e CD90 e pela ausência do marcador hematopoiético CD45, tal como revelado por análise de citometria de fluxo. Além disso, os ADSCs foram eficientes na prevenção da rejeição de aloenxertos da vesícula urinária, conforme avaliado por análises clínica, bioquímica e ultrassonográfica. Juntos, esses resultados compõem a caracterização dos perfis de expressão proteica e a funcionalidade imunossupressora de ADSCs em coelhos, que sofreram aloenxertos parciais da bexiga, prevendo futuras aplicações na prática clínica.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1