Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Minimum alveolar concentration of isoflurane in dogs administered two morphine doses / Concentração alveolar mínima do isoflurano em cães tratados com duas doses de morfina

Coelho, Karina; Monteiro, Eduardo Raposo; Bressan, Thais Feres; Monteiro, Betânia Souza; Campagnol, Daniela; Alievi, Marcelo Meller.
Ci. Rural; 47(11): e20170132, nov. 2017. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22504

Resumo

This study aimedto evaluate the effects of intramuscular 0.5mg kg-1 (MOR0.5) and 1.0mg kg-1 (MOR1.0) morphine premedication on the minimum alveolar concentration of isoflurane (ISOMAC) in dogs. Eighteen client-owned female dogs were scheduled for elective ovariohysterectomy. Dogs received intramuscular MOR0.5 or MOR1.0 as premedication and propofol IV for induction of anesthesia. Isoflurane was delivered for maintenance of anesthesia and dogs were maintained under normocapnia and normothermia. Determinations of the ISOMACwere conducted by use of the “up-and-down” method. Noxious stimulus (placement of Backhaus towel clamps, a midline skin incision and subcutaneous tissue dissection) was delivered approximately 50 minutes after premedication with MOR0.5 or MOR1.0. The calculated ISOMACwas 0.98±0.15% in MOR0.5 and 0.80±0.08% in MOR1.0. The ISOMAC was significantly lower in MOR1.0 compared with MOR0.5 (P=0.010). Results of this study suggested that intramuscular premedication with morphine 0.5 and 1.0mg kg-1 decreases the ISOMAC in a dose-related manner in dogs.(AU)
O presente estudo objetivou avaliar os efeitos da administração intramuscular de 0,5mg kg-1 (MOR0,5) ou 1,0mg kg-1 (MOR1,0) de morfina sobre a concentração alveolar mínima do isoflurano (CAMISO) em cães. Dezoito cadelas de proprietários foram agendadas para ovário-histerectomia eletiva. As cadelas receberam MOR0,5 ou MOR1,0, como medicação pré-anestésica, e propofol IV para indução da anestesia. A manutenção da anestesia foi realizada com isoflurano em condições de normocapnia a normotermia. A determinação da CAMISOfoi conduzida de acordo com o método “up-and-down”. O estímulo nociceptivo (colocação de pinças Backhaus, incisão da pele na linha média e dissecção de tecido subcutâneo) foi realizado aproximadamente 50 minutos após a administração de MOR0,5 ou MOR1,0. A CAMISO calculada foi 0,98±0,15% em MOR0,5 e 0,80±0,08% em MOR1,0. A CAMISO foi significativamente menor em MOR1,0 do que em MOR0,5 (P=0,010). Os resultados do estudo sugerem que a medicação pré-anestésica com morfina nas doses de 0,5 e 1,0mg kg-1, pela via intramuscular, resulta em redução dose-dependente na CAMISO em cães.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1