Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Uso do extrato de Aloe vera na criopreservação do sêmen suíno / Use of Aloe vera extract in swine semen criopreservation

Nunes, Thalles Gothardo Pereira; Guimarães, Daianny Barboza; Costa, Jonathan Maia da Silva; Silva, Herlon Victor Rodrigues; Dantas, Raul Andrei de Assis; Toniolli, Ricardo.
Ci. Anim.; 29(2): 22-35, 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-22997

Resumo

A gema de ovo é utilizada como agente crioprotetor em diluentes de congelação de sêmen visando à proteção contra o choque térmico, apesar de apresentar uma possibilidade de contaminação microbiológica. Autores buscam no Aloe vera, um meio alternativo para a conservação do sêmen. O objetivo foi avaliar o uso do crioprotetor Aloe vera na criopreservação do sêmen de suíno. Foram utilizados 25 ejaculados, coletados através da técnica da mão enluvada. As amostras foram diluídas no diluente de refrigeração (gema de ovo 10,0%, Aloe vera 10, 20 e 30%) a 17 °C, diluente de congelação (diluente de refrigeração + glicerol 6,0%) 5 °C e armazenados em palhetas. As palhetas foram avaliadas quanto ao vigor, motilidade, funcionalidade da membrana, vitalidade, integridade de acrossoma e na análise de sêmen assistida (CASA). Os dados foram avaliados quanto à normalidade, em seguida analisados utilizando ANOVA e comparações múltiplas, as análises foram realizadas com nível significância de 5,0%, utilizando o programa R3.4.0. Utilizou-se estatística descritiva para dados de vigor, motilidade e CASA. Na avaliação do sêmen descongelado para a funcionalidade da membrana, vitalidade e integridade de acrossoma, os maiores valores foram encontrados para as amostras com a gema de ovo (p<0,05), e entre as amostras que utilizaram o Aloe vera, não foram encontradas diferenças significativas entre as diferentes concentrações testadas (p>0,05). Os dados de vigor, motilidade e CASA, das amostras utilizando o Aloe vera, apresentaram valores de 0,0. Os resultados mostraram que as diferentes concentrações de Aloe vera não exerceram o efeito crioprotetor desejado sobre a célula espermática, sendo assim, entende-se que são necessários maiores estudos sobre a sua ação na conservação de sêmen, bem como uma possível interação com os espermatozoides suínos...(AU)
Egg yolk is used as a cryoprotective agent in semen freezing diluents for protection against thermal shock, despite the possibility of microbiological contamination. Authors search for Aloe vera, an alternative medium for the conservation of semen. The objective was to evaluate the use of the cryoprotectant Aloe vera in the cryopreservation of swine semen. We used 25 ejaculates, collected through the gloved hand technique. The samples were diluted in the coolant diluent (10.0% egg yolk, Aloe vera 10, 20 and 30%) at 17 °C, freezing diluent (refrigerant diluent + glycerol 6.0%) at 5 °C and stored in vales. The vanes were evaluated for vigor, motility, membrane functionality, vitality, acrosome integrity and assisted semen analysis (CASA). The data were evaluated for normality, then analyzed using ANOVA and multiple comparisons, the analyzes were performed with a significance level of 5.0%, using the program R3.4.0. Descriptive statistics were used for data on vigor, motility and CASA. In the evaluation of thawed semen for membrane functionality, acrosome integrity and vitality, the highest values were found for the egg yolk samples (p<0.05), and among the samples that used Aloe vera, found significant differences between the different concentrations tested (p>0.05). The data of vigor, motility and CASA, of the samples using Aloe vera presented values of 0.0. The results showed that the different concentrations of Aloe vera did not exert the desired cryoprotective effect on the sperm cell, so it is understood that further studies are needed on its action on semen conservation, as well as a possible interaction with swine spermatozoa. On the other hand, it is believed that additional studies on the cooling curve of the porcine semen are still necessary, aiming at its cryopreservation.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1