Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação clínica e laboratorial da dermatite atópica canina / Clinical and laboratory evaluation of canine atopic dermatitis

Silva Júnior, José Alexandre da; Cunha, Pedro Ernesto; Aragão, Felipe Dourado; Cruz, Rosane de Oliveira; Jorge, Samuel Monteiro; Pereira, Vinícius Carvalho; Silva, Isaac Neto Goes da.
Ci. Anim.; 29(2): 118-127, 2019. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23015

Resumo

A dermatite atópica canina (DAC) é uma dermatopatia inflamatória, crônica e pruriginosa que afeta indivíduos geneticamente predispostos, sendo comumente associada à produção de anticorpos do tipo IgE. O presente relato objetivou descrever um caso de DAC, evidenciando seus sinais clínicos, diagnóstico e tratamento. Foram realizados teste com lâmpada de Wood, raspado profundo de pele, imprint cutâneo, cultura fúngica e bacteriana, citologia de ouvido, exame sorológico para leishmaniose visceral canina (LVC) e teste de sensibilidade a alérgenos. O paciente apresentava uma série de lesões dermatológicos disseminadas acompanhadas de prurido intenso, onde pode-se observar presenças de infecções secundárias por bactérias e leveduras fúngicas. Dessa forma, optou-se por tratamento tópico com shampoo a base de clorexidina 2% associado a miconazol 2,5% e uso de creme hidratante. Para otite bilateral, prescreveu-se solução otológica de ciclopirox olamina 1% e ácido glicirrízico 0,5%. Após resposta negativa ao tratamento inicial, introduziu-se o uso oral de prednisolona associado à hidroxizina e logo depois a ciclosporina, ocorrendo um controle do quadro. Embora várias alternativas terapêuticas estejam disponíveis, a cura ainda não é possível, sendo o controle do quadro lesional a melhor abordagem de tratamento.(AU)
The canine atopic dermatitis (CAD) is an inflammatory skin disease, chronic itchy that affects genetically predisposed individuals, being commonly associated with production of IgE antibodies. The aim of this study was to describe a case of CAD, evidencing its clinical signs, diagnosis and treatment. A Wood lamp, skin deep scraping, skin imprint, fungal and bacterial culture, ear cytology, serological examination for canine visceral leishmaniasis (LVC) and allergen sensitivity test were performed. The animal presented a series of disseminated dermatological lesions accompanied by intense pruritus, where it is possible to observe presences of secondary infections by bacteria and yeasts fungi. Thus, it was decided to topical treatment with shampoo chlorhexidine base 2% associated with miconazole 2.5% and use moisturizer. For bilateral otitis, otologic solution of cyclopirox olamine 1% and glycyrrhizic acid 0.5% was prescribed. After negative response to the initial treatment, the oral use of prednisolone associated with hydroxyzine and soon after cyclosporine was introduced, and clinical control was performed. Although several therapeutic alternatives are available, cure is still not possible, and lesion control is the best treatment approach.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1