Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Perfil lipoprotéico de cadelas submetidas à ovário-histerectomia com e sem reposição estrogênica / Lipoproteic profile of bitches submitted to ovaryhysterectomy with and without estrogen administration

Schmidt, C; Lopes, M. D; Silva, M. C; Fighera, R. A; Souza, T. M.
Arq. bras. med. vet. zootec; 56(4): 449-456, ago. 2004. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2327

Resumo

Doze cadelas mestiças, adultas, foram submetidas à ovário-histerectomia e posteriormente distribuídas em dois grupos de seis animais. Um dos grupos recebeu estrógenos naturais conjugados na dose de 0,01mg/kg, via oral, a cada 48 horas, durante 12 meses, e o outro serviu como controle. A cada 60 dias foram realizadas colheitas de sangue e obtidos os valores de colesterol total, triglicerídeos, HDL, LDL e VLDL. Houve elevação do colesterol total e do LDL nas fêmeas sem reposição de hormônio. No grupo que recebeu estrógenos houve elevação do HDL. A ovário-histerectomia influenciou significativamente o perfil lipoprotéico; a reposição com estrógenos foi capaz de preservar esse perfil nas cadelas castradas.(AU)
Twelve mixed-bred, bitches were divided in two groups of six animals each after ovariohysterectomy. One group received 0.01mg/kg per os of natural conjugated estrogens every 48h for 12 months; the other group, used as control, was not treated with hormones. Blood samples were collected every 60 days and the levels of total cholesterol, triglycerides, HDL, LDL and VLDL were determined. Ovariohysterectomy affected the lipoproteic profile, increasing the total cholesterol and LDL levels; it also showed that the estrogen supplementation maintained the lipoproteic profile of castrated bitches within normal levels.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1