Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Transplacental transmission of Neospora caninum in naturally infected small ruminants from northeastern Brazil / Transmissão transplacentária de Neospora caninum em pequenos ruminantes infectados naturalmente do Nordeste do Brasil

Nunes, Annelise C. B. T; Yamasaki, Elise M; Kim, Pomy C. P; Melo, Renata P. B; Ribeiro-Andrade, Müller; Porto, Wagnner J. N; Mota, Rinaldo A.
Pesqui. vet. bras; 37(9): 921-925, Sept. 2017. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23620

Resumo

Toxoplasma gondii and Neospora caninum are causative agents of abortion in sheep and goats. Thus, the present study aimed to describe the transplacental transmission of these protozoans in small ruminants of northeastern Brazil. Seventeen fetuses (6 goats and 11 sheep) from farms with history of abortion were necropsied and samples were collected from different tissues (brain, liver, lung, kidney and heart). The samples were analyzed by PCR, histopathology (HP) and immunohistochemistry (IHC) to evaluate whether T. gondii and/or N. caninum infection were the cause of abortion. None of the samples was positive for T. gondii according to PCR and IHC results. Some brain, liver, lung, kidney and heart samples of goat fetuses were positive for N. caninum by PCR. In the histopathology, mild mononuclear infiltration and necrosis with calcification were observed in the liver and brain of one goat fetus, respectively, that also was positive for N. caninum by PCR and IHC. The results confirmed vertical transmission of N. caninum in naturally infected goats of northeastern, Brazil.(AU)
Toxoplasma gondii e Neospora caninum são reconhecidos como protozoário causadores de aborto em ovinos e caprinos. Desta forma, objetivou-se descrever a transmissão transplacentária desses agentes em pequenos ruminantes na região Nordeste do Brasil. Foram examinados seis fetos caprinos e onze fetos ovinos, totalizando 78 amostras de diferentes tecidos (cérebro, fígado, pulmão, rim e coração) provenientes de propriedades rurais com histórico de aborto. As amostras foram analisadas por Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), Histopatologia (HP) e Imunohistoquímica (IHQ), com a finalidade de associar o abortamento a T. gondii e/ou N. caninum. Nenhuma amostra foi positiva na PCR e IHQ para T. gondii. Algumas amostras de cérebro, fígado, pulmão, rim e coração de fetos de caprinos e ovinos foram positivas na PCR para N. caninum. Na histopatologia foi observado leve infiltrado mononuclear no fígado e necrose com calcificação no SNC de um caprino, associada à imunomarcação positiva para N. caninum na IHQ e PCR positiva. Os resultados confirmam a transmissão vertical de N. caninum em caprinos naturalmente infectados na região nordeste do Brasil.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1