Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Causas de morte em vacas leiteiras no Rio Grande do Sul / Causes of death in dairy cows in Rio Grande do Sul

Mello, Lauren Santos de; Bianchi, Matheus V; Bandinelli, Marcele B; Sonne, Luciana; Driemeier, David; Pavarini, Saulo P.
Pesqui. vet. bras; 37(9): 916-920, Sept. 2017. graf, mapas
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23648

Resumo

As causas de morte em vacas leiteiras no Rio Grande do Sul foram analisadas através de um estudo retrospectivo dos protocolos de necropsia de 600 vacas leiteiras examinadas entre os anos de 1998-2012. Do total de vacas analisadas 67,5% eram oriundas da Região Metropolitana de Porto Alegre, seguida das Regiões Nordeste Rio-Grandense 12,4% e Centro Oriental Rio-Grandense 10,4%. Quanto às raças, 76,5% eram holandesas, 9,8% Jersey e 13,7% misturas dessas raças. O diagnóstico definitivo foi possível em 85,8% dos casos. A categoria de doenças inflamatórias e parasitárias foi a principal causa de morte com 48,2% dos casos conclusivos, seguida por neoplasias (17,5%), doenças tóxicas e toxi-infecções (15,9%), doenças nutricionais e metabólicas (8,5%), doenças causadas por agentes físicos (7,4%) e outras doenças (2,5%). As principais enfermidades diagnosticadas em cada categoria foram: tristeza parasitária bovina (120 casos), linfoma (77 casos), intoxicação por Senecio spp. (23 casos), retículo pericardite traumática (19 casos), cetose e timpanismo (11 casos cada uma) e fulguração (5 casos).(AU)
The causes of death in dairy cows in Rio Grande do Sul state, Brazil, were analyzed through a retrospective study of the necropsy database from 600 dairy cows necropsied from 1998-2012. From a total of cows analyzed 67.5% were from metropolitan region of Porto Alegre, followed by Northeast (12.4%) and Eastern-center regions (10.4%) of the state. The cows were classified in breeds, which consisted in 76.5% Holstein, 9.8% Jersey and 13.7% mixed breed between these two. Conclusive diagnosis was found in 85.8% of the cases. Inflammatory and parasitic diseases were the main cause of death including 48.2% conclusive cases, followed by neoplasms (17.5%), poisoning and toxinfections (15.9%), metabolic and nutritional diseases (8.5%), physical agents (7.4%) and sun-dry conditions (2.5%). The main specific diseases diagnosed in each category were tick fever (120 cases), lymphoma (77 cases), Senecio spp. poisoning (23 cases), traumatic pericarditis (19 cases), ketosis and bloat (11 cases each), and lightning strike (5 cases).(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1