Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Cistomatose de glândula apócrina em onça-pintada (Panthera onca) / Apocrine cystomatosis in a jaguar (Panthera onca)

Gruchouskei, Leonardo; Carvalho, Anderson L. de; Viott, Aline de M; Delgado, Luís Eduardo da S; Krasinski, Filipe; Matos, Monica Regina de; Caleffo, Tatiane.
Pesqui. vet. bras; 37(9): 991-994, Sept. 2017. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23677

Resumo

A cistomatose de glândula apócrina é uma condição rara e não-neoplásica, que tem sido relatada em cães e gatos, e caracterizada por vários grupos de glândulas sudoríparas dilatadas, cuja distribuição generalizada raramente é observada. Uma fêmea de onça-pintada melânica (Panthera onca), com idade estimada de 16 anos e mantida em cativeiro, apresentou aumento de volume abdominal. Ao exame físico foram observados vários nódulos de consistência macia e flutuante, não aderidos, com tamanho de 2 a 15cm de diâmetro, na região ventral abdominal. Outras massas de menor diâmetro (0,5-1,0cm) estavam presentes na região cervical e no dorso do animal. Estas massas foram removidas em um procedimento cirúrgico. Dentro deste cisto havia conteúdo líquido, inodoro e translúcido. Microscopicamente, observou-se entre a derme média e profunda a formação de múltiplos cistos de tamanho variável. Esses cistos eram revestidos por uma única camada de células predominantemente cubóides. Em alguns focos eram observadas raras projeções papiliformes de epitélio glandular. O citoplasma estava levemente eosinofílico e com raras imagens de decapitação do ápice. O diagnóstico de cistomatose de glândulas apócrinas foi realizado através dos achados macroscópicos e microscópicos.(AU)
Cystomatosis of the apocrine gland is a rare condition reported in dogs and cats. It is a non-neoplastic condition, characterized by several groups of dilated cystic sweat glands. Rarely a more widespread distribution can be observed. A captive female about 16 year-old melanic jaguar (Panthera onca) presented increased abdominal volume. Physical examination showed multiple floating nodular masses ranging from to 2 to 15cm in diameter located in the ventral abdomen. Other masses of smaller diameter (0.5-1.0cm) were present in the cervical region and in the back of the jaguar. These masses were surgically removed. Within this cyst had a odorless translucent content. Microscopically, between the mid and deep dermis there existed multiple cysts of different sizes, coated with a single layer of cuboidal cells. In some foci, there were rare papilliform projections of glandular epithelium. The cytoplasm was slightly eosinophilic with rare images of decapitation of the apex. The diagnostic of apocrine cystomatosis was performed through macroscopic and microscopic findings.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1