Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Qualidade da carcaça e da carne de novilhos alimentados com palma forrageira e silagem de sorgo corrigida com ureia e farelo de algodão / Thermal carcass characteristics and meat quality of Girolando steers feed spineless cactus and associated to sorghum silage corrected with urea and cottonseed meal

Silva, J. R. C; Veras, A. S. C; Ferreira, M. A; Nascimento, W. G; Ferraz, I; Lima, R. S; Pessoa, R. A. S.
B. Indústr. Anim.; 76: 1-8, 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23829

Resumo

Objetivou-se avaliar as características da carcaça e a qualidade da carne de novilhos Girolando (5/8 Holandês-Zebu). Foram utilizados 18 animais com aproximadamente 320 ± 32 kg de peso corporal e 24 ± 2 meses de idade, em um delineamento inteiramente casualizado, sendo o peso corporal inicial utilizado como covariável. O ensaio experimental teve duração de 84 dias. Os tratamentos consistiram na associação da silagem de sorgo corrigida com ureia e do farelo de algodão à palma forrageira em três proporções da dieta: 1) 60% de palma forrageira (PF) + 38% de silagem de sorgo corrigida com ureia (SSU) (3% de ureia) + 0% de farelo de algodão (FA); 2) 60% de PF + 26,5% de SSU (1,5% de ureia) + 11,5% de FA; 3) 60% de PF + 15% de silagem de sorgo + 23% de FA. Não foi observada influência significativa dos tratamentos sobre as características quantitativas da carcaça, com exceção para o peso do traseiro, que aumentou com a associação do farelo de algodão à dieta. O percentual de músculo, osso e gordura na carcaça não foi influenciado pelos tratamentos. O pH, a perda por cocção, a capacidade de retenção de água, a força de cisalhamento e os parâmetros de cor da carne não foram influenciados pelos tratamentos. A associação da silagem de sorgo corrigida com ureia e do farelo de algodão à palma forrageira nas proporções estudadas não altera as características da carcaça e a qualidade da carne de novilhos Girolando.(AU)
The objective of this study was to evaluate the carcass traits and meat quality of Girolando steers (5/8 Holstein-Zebu). Eighteen animals with an initial average weight of 320 ± 32 kg and age of 24 ± 2 months were housed in individual pens and assigned to the treatments in a completely randomized design. Initial body weight was used as a covariate in the statistical model. The trial lasted 84 days. The treatments were: 1 - 60% of spineless cactus (SC) + 38% of sorghum silage corrected with urea (SSU) (3% of urea) + 0% of cottonseed meal (CM); 2 - 60% SC + 26.5% SSU (1.5% of urea) + 11.5% CM; 3 - 60% SC + 15% sorghum silage + 23% CM. The treatments had no effect on the carcass traits, except for hindquarter weight which increased with the inclusion of cottonseed meal in the diet. The percentage of muscle, bone and fat in the carcass was not influenced by the treatments. There was no effect of the treatments on pH, cooking loss, water-holding capacity, shear force, or meat color. The addition of sorghum silage corrected with urea and cottonseed meal to spineless cactus does not alter the carcass traits or meat quality of Girolando steers.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1