Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of dietary supplementation with propolis and Aloe barbadensis extracts on hematological parameters and parasitism in Nile tilapia / Efeito da suplementação dietária com extratos de própolis e Aloe barbadensis sobre parâmetros hematológicos e parasitismo em tilápia do Nilo

Dotta, Geovana; Brum, Aline; Jeronimo, Gabriela Tomas; Maraschin, Marcelo; Martins, Maurício Laterça.
R. bras. Parasitol. Vet.; 24(1): 66-71, Jan.-Mar. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23951

Resumo

This study evaluated the influence of diet supplementation with propolis and Aloe barbadensis on hematological parameters and parasitism in tilapia. One hundred and eighty fish were distributed among 12 water tanks forming four treatments: fish supplemented with a 1:1 mixture of 0%, 0.5%, 1% and 2% propolis and aloe extracts. After the fish had been fed on the experimental diets for 15 and 21 days, blood samples were taken and parasites collected. The monogeneans Cichlidogyrus sclerosus, C. halli, C. thurstonae and Scutogyrus longicornis were identified in the gills. Between the sampling times, there were increases in the numbers of erythrocytes, leukocytes, thrombocytes and lymphocytes, as observed after 21 days, possibly due to the stress level over the course of the assay and/or accumulation of substances in the organism. Supplementation with the mixture of propolis and aloe for 15 days showed the highest efficacy against the parasites. This was possibly due to the association between the two compounds. The results demonstrated that supplementation with mixtures of extracts did not produce hematological alterations and also favored a significant reduction in the number of gill parasites. The best results were achieved after 15 days of feeding with a diet with 0.5% and 1% supplementation with the extract mixture, which increased efficiency by 83 and 85% respectively.(AU)
Este estudo avaliou a influência da alimentação de tilápias com dieta suplementada com extratos de própolis e Aloe barbadensis sobre os parâmetros hematológicos e parasitismo. Setenta e dois peixes foram distribuídos em 12 tanques, formando 4 tratamentos: peixes suplementados na dieta com extrato de própolis e aloe (0%, 0,5%, 1% e 2%). Após 15 e 21 dias de alimentação com dietas experimentais foram realizadas coletas de sangue e parasitos. Os monogeneas Cichlidogyrus sclerosus, C. halli, C. thurstonae e Scutogyrus longicornis foram identificados nas brânquias. Entre os períodos de coleta, observou-se aumento nos valores de eritrócitos, leucócitos, trombócitos e linfócitos, após 21 dias de alimentação, o que pode significar estresse ao longo do período experimental e/ou acúmulo dos produtos no organismo.A suplementação com a mistura de própolis e aloe, por 15 dias, apresentou melhor eficácia frente parasitos, possivelmente, devido à associação dos compostos. Os resultados demonstram que a suplementação com a mistura dos extratos não alterou os parâmetros hematológicos, além de favorecer redução significativa no número de parasitos branquiais. Os melhores resultados foram obtidos em 15 dias de alimentação com a dieta suplementada com 0,5% e 1% da mistura dos extratos, respectivamente por 83% e 85% de eficiência.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1