Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Implantes de resina de poliuretana vegetal (Ricinus communis) na tração linear, fixação e fusão vertebral no cão. Estudo experimental / Implants of Ricinus communis polyurethane resin in distraction, fixation and vertebral fusion in dogs. Experimental study

Laranjeira, M. G; Rezende, C. M. F; Sá, M. J. C; Silva, C. M.
Arq. bras. med. vet. zootec; 56(5): 602-609, out. 2004. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-2431

Resumo

Placa e espaçador de polímero derivado do óleo de mamona (PDOM) (Ricinus communis) foram avaliados clínica, radiográfica e histologicamente na tração linear, fixação e fusão vertebral cervical em 20 cães adultos, sem raça definida, pesando entre 17 e 22kg. Foram sacrificados quatro animais aos 10, 30, 60, 90 e 120 dias de pós-operatório. Após exposição da coluna cervical, por acesso ventral, o disco intervertebral de C4-C5 foi fenestrado e a abordagem ao canal medular foi feita por meio de fenda óssea. Um espaçador de PDOM foi colocado preenchendo o defeito ósseo. Os corpos vertebrais C4-C5 foram fixados com placa do mesmo material, utilizando-se dois parafusos corticais em cada corpo vertebral. Apenas um animal apresentou déficit neurológico no pós-operatório imediato. Radiograficamente as vértebras mostravam-se normais e alinhadas, sem colapso do espaço intervertebral, porém não houve neoformação óssea entre as vértebras. Ao exame mielográfico, não houve compressão da medula espinhal. Os implantes foram efetivos em manter a tração linear e fixação das vértebras cervicais e não ocorreu a fusão vertebral.(AU)
Clinical, radiographic and histological evaluation of plate and biomechanical spacer of Ricinus communis polyurethane resin were performed in distraction, fixation and vertebral cervical fusion in 20 adult dogs, weighting between 17 and 22kg. Four animals were euthanized at 10, 30, 60, 90 and 120 days after surgery. After ventral exposition of cervical spine, cervical disk fenestration was performed on intervertebral spaces C4-C5 and a slot was created. A biomechanical spacer of Ricinus communis polyurethane resin was placed to fill bone defect. C4-C5 spinous processes were fixed with plate of the same material, utilizing two cortical screws in each spinal process. Only one animal had neurological signs immediately after surgery. Radiographic examination indicated that vertebrae were normal and aligned, without intervertebral colapse. However, there was no bone neoformation between C4-C5. The implants were effective to keep the distraction and fixation of cervical spine without vertebral fusion.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1