Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Culture medium and inoculation methodology for the study of soft root rot caused by Phytopythium sp / Meio de cultura e metodologia de inoculação para o estudo da podridão mole de raízes causada por Phytopythium sp

Silva, Jonny Lucio de Sousa; Ishida, Alessandra Keiko Nakasone; Cunha, Roberto Lisboa; Lima, Aline Medeiros; Moura, Elisa Ferreira.
Ci. Rural; 49(11): e20180875, 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24462

Resumo

Cassava (Manihot esculenta Crantz) is an important crop in Brazil and Pará is the major producer of roots. High temperature and humidity of tropical regions favor the development of various diseases, among them the cassava root rot. The objective of this study was to evaluate the effect of luminosity and culture medium on the mycelial growth and sporulation of Phytopythium sp. associated with different methods of inoculation on cassava roots. In vitro tests for pathogen growth were established in a 2 x 6 factorial design (luminosity x culture medium) with five replicates and the means were compared by t test (P0.05). The culture medium containing sweet cassava root produced greater mycelial development and higher pathogen sporulation and it was the most suitable medium for pathogen culture. The culture under absence of light generated better mycelial growth than culture under 12 hour of light. Regarding the type of inoculation, the response was better when deeper injuries were induced.(AU)
A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é uma importante cultura para o Brasil, onde o Pará é o principal produtor de raízes. Regiões tropicais com alta umidade e temperatura favorecem o desenvolvimento de diversas doenças, como as podridões de raiz. O presente estudo tem como objetivo avaliar o efeito da luminosidade e de meios de cultura no crescimento micelial e na esporulação de Phytopythium sp. e analisar métodos de inoculação do patógeno em raízes de mandioca destacadas. Os ensaios in vitro foram instalados em esquema fatorial 2x6 (luminosidade x meio de cultura), com cinco repetições e as médias comparadas pelo teste t (p0,05). O meio de cultura contendo raiz de mandioca mansa proporcionou maior desenvolvimento micelial e maior esporulação do patógeno e é o mais adequado para o cultivo do patógeno. O cultivo sob ausência de luz gerou melhor crescimento micelial do que o cultivo sob 12 horas de luz. Quanto ao tipo de inoculação, a resposta foi melhor nas raízes que obtiveram ferimentos mais profundos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1