Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Bovine respiratory disease associated with Histophilus somni and bovine respiratory syncytial virus in a beef cattle feedlot from Southeastern Brazil / Doença respiratória bovina associada a Histophilus somni e vírus respiratório sincicial bovino em um confinamento de bovinos de corte na região sudeste do Brasil

Headley, Selwyn Arligton; Balbo, Luciana Carvalho; Alfieri, Alice Fernandes; Saut, João Paulo Elsen; Baptista, Anderson Lopes; Alfieri, Amauri Alcindo.
Semina ciênc. agrar; 38(1): 283-294, jan.-fev. 2017. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24767

Resumo

Bovine respiratory disease (BRD) is a complex multifactorial and multi-etiological disease entity that is responsible for the morbidity and mortality particularly in feedlot cattle from North America. Information relative to the occurrence of BRD in Brazil and the associated infectious agents are lacking. This study investigated the participation of infectious agents of BRD in a beef cattle feedlot from Southeastern Brazil. Nasopharyngeal swabs of 11% (10/90) of cattle (n, 450) with clinical manifestations of respiratory distress were analyzed by targeting specific genes of the principal infectious pathogens of BRD. In addition, pulmonary fragments of one the animals that died were collected for histopathological and molecular diagnoses. The nucleic acids of Histophilus somni and bovine respiratory syncytial virus (BRSV) were identified in 20% (2/10) of the nasopharyngeal swabs of the animals with respiratory distress; another contained only BRSV RNA. Moreover, the nucleic acids of both infectious agents were amplified from the pulmonary fragments of the animal that died with histopathological evidence of bronchopneumonia and interstitial pneumonia; the nasopharyngeal swab of this animal also contained the nucleic acids of both pathogens. Additionally, all PCR and/or RT-PCR assays designed to detect the specific genes of Mannheimia haemolytica, Pasteurella multocida, Mycoplasma bovis, bovine viral diarrhea virus, bovine herpesvirus -1, bovine parainfluenza virus-3, and bovine coronavirus yielded negative results. Phylogenetic analyses suggest that the isolates of H. somni circulating in Brazil are similar to those identified elsewhere, while there seem to be diversity between the isolates of BRSV within cattle herds from different geographical locations of Brazil.(AU)
A Doença Respiratória Bovina (DRB) é uma infecção multifatorial e multietiológica que ocasiona aumento nas taxas de morbidade e mortalidade em confinamentos bovinos. As informações disponíveis com relação à ocorrência de DRB no Brasil e sua associação com agentes infecciosos são ainda ocasionais. Esse estudo avaliou a participação de agentes infecciosos relacionados à DRB em um confinamento de bovinos na região sudeste do Brasil. Swabs nasofaríngeos de 11% (n=10) dos bovinos (n=90) com sinais clínicos de DRB em um lote de 450 animais foram analisados por técnicas moleculares para amplificação de genes específicos dos principais patógenos relacionados à DRB. Adicionalmente, fragmentos de pulmão de um dos animais, que morreu por DRB foi coletado para diagnóstico histopatológico e molecular. O ácido nucleico de Histophilus somni e do vírus respiratório sincicial bovino (BRSV) foi identificado em 20% (2/10) dos swabs nasofaríngeos. Em outro animal foi possível amplificar apenas o RNA do BRSV. O ácido nucleico de ambos os patógenos foi amplificado a partir de fragmentos pulmonares, que na histopatologia apresentou evidências de broncopneumonia e pneumonia intersticial. A partir do swab nasofaríngeo desse animal também foi possível amplificar o ácido nucleico de ambos os patógenos. Adicionalmente, todas as reações de PCR e RT-PCR realizadas para amplificar genes específicos de Mannheimia haemolytica, Pasteurella multocida, Mycoplasma bovis, vírus da diarreia viral bovina, herpesvírus bovino 1, vírus parainfluenza bovino 3 e coronavírus bovino foram negativas. Esses resultados confirmam a participação do H. somni e do BRSV no desenvolvimento de DRB em bovinos confinados no Brasil e abrem a perspectiva da realização de estudos mais amplos com o objetivo de identificar os principais agentes etiológicos da DRB no Brasil.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1