Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of season on haircoat characteristics and physiological parameters of Holstein-Gyr x Guzerá crossed heifers / Efeito da estação do ano nas características do pelame e parâmetros fisiológicos em novilhas cruzadas Holandês-Gir x Guzerá

Rezende, Soraia Rage; Nascimento, Mara Regina Bueno de Mattos; Munhoz, Susiandra Kloster; Silva, Natascha Almeida Marques da.
Semina ciênc. agrar; 38(1): 381-390, jan.-fev. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24787

Resumo

This study aimed to investigate haircoat characteristics and physiological parameters in summer and winter, morning and afternoon periods, of Holstein-Gyr x Guzerá crossed heifers in tropical environment. For this, twenty crossbred dairy heifers (Holstein-Gyr x Guzerá), reared in the city of Ibiá, Minas Gerais state, Brazil. Haircoat thickness, i.e. distance from skin surface until hairend, average hair length, number of hairs per unit area, hair angle to the skin surface, cardiac and respiratory rates, rectal and body surface temperatures were measured. Data underwent analysis of variance and the means were compared by F test at 5% significance, except heart and respiratory rates and skin temperature within the season, which were compared by Mann Whitney test at 5%. For rectal temperature, the maximum value found was 39.53 °C in the summer afternoon. In the afternoon, rectal temperature was higher in summer compared to winter. Respiratory and heart rates and coat surface temperature were higher in the summer (34.00 movements min-1; 78.60 beats min-1; 37.97 °C respectively) compared to the winter (27.47 movements minutes -1; 58.72 beats min-1; 34,94ºC, respectively). Haircoat thickness and hair length were larger in winter (0.73; 1.82 cm, respectively) compared to summer (0.49; 1.11 cm, respectively). We concluded that the season of the year and day period interfere with most of the physiological parameters for thermoregulation and haircoat characteristics of crossbred heifers (Holstein-Gyr x Guzerá); however, they keep homeothermy, therefore are adapted to the region, and may be an alternative to be used by farmers of this region.(AU)
Objetivou-se neste estudo investigar as características morfológicas do pelame e parâmetros fisiológicos no verão e no inverno, pela manhã e tarde, em novilhas cruzadas Holandês-Gir x Guzerá em ambiente tropical. Para isso, utilizaram-se 20 novilhas leiteiras mestiças oriundas do cruzamento de vacas cruzadas Holandês-Gir com touro da raça Guzerá, criadas no município de Ibiá, Minas Gerais. A espessura do pelame, ou seja, distância da epiderme até a superfície superior da capa dos pelos, comprimento médio dos pelos, número de pelos por unidade de área, ângulo de inclinação dos pelos em relação à superfície da epiderme, frequências cardíaca e respiratória, temperaturas retal e da superfície corporal foram mensuradas. Realizou-se análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste F a 5%, exceto frequências cardíaca e respiratória e temperatura superficial dentro da estação, que foram comparadas pelo teste Mann Whitney a 5%. Para temperatura retal o valor máximo encontrado foi de 39,53°C no verão, à tarde. À tarde a temperatura retal foi maior no verão em relação ao inverno. As frequências respiratória e cardíaca e temperatura de superfície do pelame foram maiores no verão (34,00 movimentos minuto-1, 78,60 batimentos minuto-1, 37,97°C, respectivamente) em relação ao inverno (27,47 movimentos minuto-1, 58,72 batimentos minuto-1, 34,94ºC, respectivamente). A espessura e comprimento do pelame apresentaram-se maiores no inverno (0,73; 1,82 cm, respectivamente) em relação ao verão (0,49; 1,11 cm, respectivamente). A estação do ano e o turno interferem na maioria dos parâmetros fisiológicos de termorregulação e características de pelame de bezerras Holandês-Gir x Guzerá, entretanto, mantem a homeotermia e, portanto, são adaptadas a região, podendo ser uma alternativa a ser utilizada pelos criadores desta região.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1