Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Carbon fractions and soil fertility affected by tillage and sugarcane residue management an Xanthic Udult / Frações do carbono e fertilidade do solo afetados pelo preparo do solo e manejo da palhada da cana-de-açúcar em Argissolo Amarelo

Lopes, Iara Maria; Assunção, Shirlei Almeida; Oliveira, Ana Paula Pessim de; Anjos, Lúcia Helena Cunha dos; Pereira, Marcos Gervasio; Lima, Eduardo.
Semina Ci. agr.; 38(5): 2921-2932, Set.-Out. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-24956

Resumo

The gradual change in management practices in sugarcane (Saccharum spp.) production from burning straw to a green harvesting system, as well as the use of minimum soil tillage during field renovation, may affect soil fertility and soil organic matter (SOM) contents. The objectives of this work were to investigate the influence of sugar cane production systems on: (1) soil fertility parameters; (2) on physical carbon fractions; (3) and on humic substance fractions, in a long-term experiment, comparing two soil tillage and two residue management systems an Xanthic Udult, in the coastal tableland region of Espírito Santo State, Brazil. The treatments consisted of plots (conventional tillage (CT) or minimum tillage (MT)) and subplots (residue burned or unburned at harvesting), with five replicates The highest values of Ca2+ + Mg2+ and total organic carbon (TOC) were observed in the MT system in all soil layers, while high values of K+ were observed in the 0.1-0.2 m layer. The CT associated with the burned residue management negatively influenced the TOC values, especially in the 0.1-0.2 and 0.2-0.4 m layers. The carbon in the humin fraction and organic matter associated with minerals were significantly different among the tillage systems; the MT showed higher values than the CT. However, there were no significant differences between the sugarcane residue management treatments. Overall, fractioningthe SOM allowed for a better understanding of tillage and residue management systems effects on thesoil properties.(AU)
A mudança gradual nas práticas de manejo da cana de açúcar (Saccharum spp.) de colheita com queima de palha para o sistema de colheita sem queima, bem como o uso de preparo mínimo do solo durante a renovação do canavial, podem afetar a fertilidade do solo e o conteúdo de matéria orgânica do solo (MOS). Os objetivos específicos foram investigar a influência de sistemas de produção de cana-de-açúcar sobre: (1) os parâmetros de fertilidade do solo; (2) sobre as frações físicas do carbono; (3) e em frações de substâncias húmicas, em um experimento de longa duração, comparando dois tipos de preparo do solo e dois sistemas de manejo da palhada em Argissolo Amarelo, na região tabuleiros costeiros do Espírito Santo, Brasil. Os tratamentos consistiram de parcelas (preparo convencional (PC) e cultivo mínimo (CM)) e subparcelas (palha queimada e não queimada perante a colheita), com cinco repetições. Foram observados os maiores valores de Ca2+ + Mg2+ e carbono orgânico total (COT) no sistema de CM, em todas as camadas do solo, enquanto maiores valores de K+ foram observados na camada de 0,1-0,2 m. O PC associado a colheita com queima da palhada influenciou negativamente os valores de COT, especialmente nas camadas 0,1-0,2 e 0,2-0,4 m. O carbono na fração humina e o carbono associado aos minerais do solo foram significativamente diferentes entre os sistemas de preparo do solo; o CM apresentou valores mais elevados do que o PC. No entanto, não houve diferençassignificativas entre o manejo da palhada da cana-de-açúcar. No geral, o fracionamento da MOS permitiuuma melhor compreensão dos efeitos dos sistemas de preparo do solo e manejo da palhada sobre aspropriedades do solo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1