Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Clostridial diseases diagnosed in cattle from the South of Rio Grande do Sul, Brazil. A forty-year survey (1978-2018) and a brief review of the literature / Clostridioses diagnosticadas em bovinos no sul do Rio Grande do Sul. Uma pesquisa de quarenta anos (1978-2018) e breve revisão da literatura

Santos, Bianca L; Ladeira, Silvia R. L; Riet-Correa, Franklin; Soares, Mauro P; Marcolongo-Pereira, Clairton; Sallis, Eliza Simone V; Raffi, Margarida B; Schild, Ana Lucia.
Pesqui. vet. bras; 39(7): 435-446, July 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25156

Resumo

Clostridial diseases are important causes of livestock losses in the southern Rio Grande do Sul. Since 1978 annual surveys conducted at the "Laboratório Regional de Diagnóstico" of the "Universidade Federal de Pelotas" (LRD-UFPel) have shown that clostridial diseases represent 10.40% of the bacterial diseases diagnosed in cattle and 1.65% of all diseases diagnosis in cattle over a 40-year period. The purpose of this study is to review the clinical, epidemiological and pathological aspects of the clostridial diseases diagnosed in cattle from January 1978 to December 2018 at the LRD-UFPel in the hopes that it will constitute a useful guide for field veterinary practitioners and interested farmers. We assessed and review the necropsy protocols of 6,736 cattle; these necropsies were performed either by LRD-UFPel faculty or by field veterinary practitioners; 111 outbreaks (1.65%) were diagnosed as clostridial disease, distributed as follows: 35 outbreaks of tetanus, 34 of blackleg, 23 of bacillary hemoglobinuria, 11 of malignant edema (gas gangrene), and eight of botulism. Approximately 904, from a total of 42,480 cattle at risk, died in these outbreaks.(AU)
Clostridioses são doenças produzidas por alguma das espécies do gênero Clostridium e são importantes causas de perdas pecuárias no sul do Rio Grande do Sul. Pesquisas anuais realizadas no Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (LRD-UFPel) desde 1978 demonstraram que as clostridioses representaram 11,1% das doenças bacterianas diagnosticadas em bovinos e 1,65% de todos os diagnósticos de doenças em bovinos ao longo de 40 anos. O objetivo deste estudo é revisar os aspectos clínicos, epidemiológicos e patológicos das clostridioses diagnosticadas de janeiro de 1978 a dezembro de 2018, pelo LRD/UFPel com a intenção de que esse trabalho possa servir de guia útil para os veterinários de campo e fazendeiros interessados. Foram avaliados e revisados os protocolos de necropsia de 6.736 bovinos; essas necropsias foram realizadas pelo pessoal do LRD/UFPel ou por veterinários de campo. Cento e quatro (1,16%) casos foram diagnosticados como clostridioses, distribuídos da seguinte forma: 35 surtos de tétano, 34 de carbúnculo sintomático, 23 de hemoglobinúria bacilar, 11 de edema maligno (gangrena gasosa) e oito de botulismo. Aproximadamente 904, de um total de 42.480 bovinos sob-risco, morreram nesses surtos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1