Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Comparação dos parâmetros bioquímicos entre gestação única e gemelar de ovelhas da raça Dorper durante gestação, parto e pós-parto / Comparison of biochemical parameters between single and twin pregnancies of Dorper breed ewes during gestation, lambing and postpartum

Santarosa, B. P; Dantas, G. N; Ferreira, D. O. L; Santos, B; Takahira, R. K; Carvalho, M. G; Silva, A. A; Gonçalves, R. C.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(4): 1307-1315, jul.-ago. 2019. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25217

Resumo

Nas ovelhas, a demanda de nutrientes aumenta durante a gestação, especialmente nas últimas seis semanas, quando ocorre maior desenvolvimento do feto. Os objetivos deste trabalho foram estudar o perfil bioquímico de ovelhas durante a gestação e no periparto imediato, comparando-se gestação única com gemelar. Foram utilizadas 60 ovelhas, Dorper, divididas em dois grupos experimentais com base no diagnóstico de gestação ultrassonográfico: grupo 1: 30 ovelhas com feto único; grupo 2: 30 ovelhas com gestação gemelar. Em nove momentos de coleta, foram mensurados no soro sanguíneo: ureia, creatinina, proteína total (PT), albumina, globulina, aspartato aminotransferase (AST), gamaglutamiltransferase, fosfatase alcalina, colesterol e triglicérides. O peso vivo das ovelhas do G2 foi maior que do G1 em todos os momentos, inclusive quando estavam vazias. Houve diferença entre as ovelhas do G1 e do G2 nos valores de PT, albumina, AST e triglicérides. A partir de 120 dias de gestação, o perfil proteico se modificou, com menores níveis de ureia, PT, albumina e globulina, mostrando que a demanda metabólica se intensificou no último mês da gestação. Os níveis de colesterol e triglicérides diminuíram de 140 dias de gestação para o parto. Este trabalho mostrou que a gestação proporcionou mudanças significativas no metabolismo da ovelha, principalmente no terço final da gestação, quando há maior necessidade de acompanhamento para evitar a incidência de doenças metabólicas.(AU)
In sheep, nutrient demand increases during gestation, particularly in the last six weeks, when the fetuses develop. The objectives of this study were to evaluate the biochemical profile of ewes during pregnancy and in the immediate peripartum comparing single with twin pregnancies. Sixty ewes of Dorper breed were divided into two groups by pregnancy ultrasonographic diagnosis: 1 - 30 ewes with single fetus gestation; 2 - 30 ewes with twin pregnancy. In nine collection moments the following parameters were measured: urea, creatinine, total protein (TP), albumin, globulin, aspartate aminotransferase, gamma glutamyltransferase, alkaline phosphatase, cholesterol and triglycerides. The weight of G2 sheep was higher than G1 since they were empty. There were differences in G1 and G2 sheep metabolism in TP, Albumin, AST and Triglycerides. From 120 days of pregnancy, the protein profile changed, with lower levels of urea, TP, albumin and globulin, showing that the metabolic demand intensified in the last month of pregnancy. The levels of cholesterol and triglycerides decreased from 140 days of pregnancy to lambing day. This study showed that gestation provided significant changes in the ewe's metabolism, especially in the final third of gestation, when there is a greater need to follow the animals to avoid the incidence of metabolic diseases.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1