Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Características morfológicas do estômago de jaguatirica (Leopardus pardalis - Linnaeus, 1758) / Morphological characteristics of the stomach of the ocelot (Leopardus pardalis - Linnaeus, 1758)

Schuingues, C. O; Lima, M. G; Santos-Filho, M; Campos, D. V. S; Costa, G. M.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(4): 1171-1178, jul.-ago. 2019. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25249

Resumo

Leopardus pardalis é uma das espécies de felinos neotropicais mais estudadas em seus aspectos ecológicos, porém informações de questões morfofisiológicas do trato digestório não são encontradas na literatura. Visando contribuir com tais informações, o objetivo deste artigo foi caracterizar a morfologia do estômago dessa espécie. Nesta pesquisa, foram utilizados cinco exemplares adultos, coletados após óbito por atropelamento ou doados pelo IBAMA ao Laboratório de Zoologia e Morfologia Animal da Universidade do Estado de Mato Grosso - Alta Floresta. Os animais foram fixados com solução aquosa de formaldeído a 10%, dissecados por meio de técnicas anatômicas. Além dos estudos anatômicos, também foram coletados tecidos para microscopia. As análises macroscópicas revelaram que o estômago era do tipo unicavitário, com presença de pequena e grande curvatura, localizado no antímero esquerdo e constituído pelas regiões características do órgão. Em seus aspectos microscópicos, mostrou-se formado pelas quatro túnicas usuais do tubo digestório: túnica mucosa, submucosa, muscular e serosa, cada uma com as particularidades características de cada região, principalmente na túnica mucosa. O estômago de L. pardalis revelou uma morfologia semelhante às espécies domésticas e selvagens, com particularidades histomorfológicas na região pilórica. Esse padrão pode estar relacionado a adaptações evolutivas no processo digestivo dessa espécie.(AU)
The species Leopardus pardalis is one of the species of neotropical felines more studied in its ecological aspects, however, information of morphophysiological questions of the digestive tract are not found in the literature. Aiming to contribute with such information, the objective of this work was to characterize the morphology of the stomach of this species. Five adult specimens, collected after death by trampling, or donated by IBAMA to the Laboratory of Zoology and Animal Morphology of the University of the State of Mato Grosso - Alta Floresta, were used in this research. The animals were fixed with aqueous solution of formaldehyde 10%, dissected through the basic techniques and instruments of anatomy, and later the material was collected for microscopy. The macroscopic analysis revealed that the stomach was of the unicavitary type, with small and great curvature, located in the left antimer and constituted by the characteristic regions of the organ. In its microscopic aspects it was formed by the four usual tunics of the digestive tube: tunica mucosa, submucosa, muscular and serosa, each one with the peculiarities characteristic of each region, mainly in the tunica mucosa. The stomach of L. pardalis revealed similar morphology to the domestic and wild species, with small histomorphological peculiarities in the pyloric region, which may be related to evolutionary adaptations in the digestive process of this species.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1