Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Myelography in calves: a comparative study between the contrast agents iopamidol and iohexol / Mielografia em bezerros: estudo comparativo entre os meios de contrastes iopamidol e ioexol

Bueno, G. M; Girardi, A. M; Módolo, T. J. C; Sabes, A. F; Oliveira, J. A; Marques, L. C.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(4): 1217-1226, jul.-ago. 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25266

Resumo

Due to the scarcity of myelogenous studies in cattle, the present study aimed to evaluate the efficacy and distribution of iopamidol and iohexol contrast agents in calves, in order to determine guidelines for obtaining diagnostic radiographs of spinal cord disorders in these animals. Ten healthy Holstein calves, seven days to two months of age, were divided into two groups, according to the contrast medium applied. Myelographic studies of the spine were performed with the calves in lateral recumbency, with radiographs repeated 20 times during a two-hour period. On the radiographs, the contrast medium was analyzed for opacity, detail of the image, distension of the medullary canal, and progression of the contrast line. After seven days, the myelographic studies were repeated, with the contrast media exchanged between the groups. There were no significant differences in the quality of the images and speed of the spinal column filling between the two contrast media. Furthermore, the best quality radiographic images were obtained six to eight minutes after injection of the contrast in the cervical spinal segment, 80 minutes in the thoracic, and 20 minutes in the lumbar, sacral, and cauda equina segments.(AU)
Devido à escassez de estudos mielográficos em bovinos e relatos de complicações no procedimento, o presente estudo teve por objetivo avaliar a eficácia e a distribuição dos meios de contraste iopamidol e ioexol em bezerros, a fim de nortear a melhor conduta para o diagnóstico de afecções vertebrais e medulares nesses animais. Foram utilizados 10 bezerros Holandeses, hígidos, com idade entre sete dias e dois meses, distribuídos em dois grupos, conforme o meio de contraste aplicado. O estudo mielográfico da coluna vertebral foi realizado na posição laterolateral, repetido em 20 momentos, durante o período de duas horas. Nas radiografias, analisou-se o meio de contraste quanto à opacidade, detalhes da imagem, distensão do canal medular e progressão da linha de contraste. Após sete dias, foi realizado o segundo período experimental, que compreendeu a troca do meio de contraste dentro de cada grupo. Não houve diferenças significativas em relação à qualidade da imagem e à velocidade do preenchimento da coluna medular entre os dois meios de contraste. A partir da administração dos meios de contraste, a obtenção de imagens radiográficas de melhor qualidade deu-se após seis a oito minutos no segmento medular cervical, 80 minutos no torácico e 20 minutos nos segmentos lombar, sacral e cauda equina.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1