Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Recurrent laryngeal neuropathy secondary to nerve compression by melanomas - case report / Neuropatia laríngea recorrente secundária à compressão por melanomas - relato de caso

Alonso, J. M; Rosa, G. S; Hataka, A; Hussni, C. A; Conceição, M. L; Watanabe, M. J; Rodrigues, C. A; Alves, A. L. G.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(5): 1477-1482, set.-out. 2019. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25285

Resumo

Recurrent laryngeal neuropathy (RLN) etiology can be acquired, iatrogenic or idiopathic. There are no previous reports of RLN caused by recurrent laryngeal nerve compression by melanomas. This report describes a horse presenting severe dyspnea and progressive weight loss. Physical exam demonstrated tachycardia, tachypnea, inspiratory dyspnea at rest, neck extension and mydriasis. Temporary tracheotomy was performed and videoendoscopic examination diagnosed grade IV laryngeal paralysis. The animal came suddenly to death by suppurative bacterial pneumonia. At necropsy, it was possible to observe multiple melanotic epithelioid melanoma nodules compressing the recurrent laryngeal nerve, alongside with lung and parotid metastasis. This finding emphasizes the importance of establishing a differential diagnosis for tumor mass compression in the etiology of RLN, especially melanomas in gray horses, with or without cutaneous manifestations of masses.(AU)
A neuropatia laríngea recorrente (NLR) pode apresentar etiologia adquirida, iatrogênica ou idiopática. Não há relatos prévios da ocorrência da NLR causada pela compressão do nervo laríngeo recorrente por melanomas. Este relato descreve um equino apresentando dispneia grave e perda de peso progressiva. O exame físico demonstrou taquicardia, taquipneia, dispneia inspiratória em repouso, extensão do pescoço e midríase. Foi realizada traqueotomia temporária e exame videoendoscópico, mediante o qual se diagnosticou paralisia laríngea grau IV. O animal veio a óbito por pneumonia bacteriana supurativa. Na necropsia, foi possível observar múltiplos nódulos de melanoma epitelioide amelanótico comprimindo o nervo laríngeo recorrente, juntamente com metástases pulmonares e parotídeas. Este achado enfatiza a importância de estabelecer um diagnóstico diferencial nos casos de NLR, pensando-se na compressão nervosa por massas tumorais, especialmente melanomas em cavalos tordilhos, com ou sem manifestações cutâneas de massas.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1