Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Torsional comparative biomechanical test of modified tibial-plateau-leveling osteotomy plate and locking plate in canine synthetic tíbias / Teste de torção biomecânica comparative de placa de TPLO modificada e placa bloqueada em tibia sintética canina

Sembenelli, G; Shimano, A. C; Wittmaack, M. C. N; Rocha, T. A. S. S; Moraes, P. C; Minto, B. W; Dias, L. G. G. G.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(5): 1535-1540, set.-out. 2019. ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25293

Resumo

The objective of this study was to develop a locked tibial-plateau-leveling osteotomy (TPLO) plate and to compare this implant with the conventional bone fixation method using a locked plate to determine bone stabilization against torsion forces. Maximum force, angle at peak torque, and stiffness values were determined. Ten synthetic tibias were used, divided into 2 groups. The results in Group 1 (modified TPLO plate) and Group 2 (locked plate) were assessed using analysis of variance and the means were compared using Tukey's test at 5% probability. There were significant differences in the angle at peak torque and stiffness. The group Modified TPLO plate had higher mean values of stiffness compared with Group locked plate. Group locked plate showed a greater angle at peak torque compared with Group modified TPLO plate. All constructs failed due to tibial fractures distal to the plate. The modified TPLO plate presented higher stiffness indexes than conventional locked plate in torsion. The locked plate presented greater elasticity than modified TPLO plate having greater angle at the peak of torque.(AU)
O objetivo do presente estudo foi desenvolver placa de TPLO bloqueada modificada e avaliar, em ensaio de torção, a estabilização óssea proporcionada pelo implante desenvolvido comparativamente a método de fixação óssea convencional com placa reta bloqueada. As variáveis obtidas foram força máxima, ângulo no pico de torque e rigidez. Foram utilizadas 10 tíbias sintéticas, dividas em dois grupos. Os resultados obtidos do grupo 1 (placa TPLO modificada) e do grupo 2 (placa bloqueada) foram submetidos à análise de variância, e as médias comparadas entre si pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Houve diferença significativa em relação às variáveis, ângulo no pico de torque e rigidez. Na variável rigidez, a média do grupo placa de TPLO modificada foi maior que a do grupo placa reta bloqueada. Em relação à variável ângulo no pico de torque, o grupo placa reta bloqueada foi superior ao grupo placa de TPLO modificada. Todas as montagens falharam devido à quebra do corpo de prova distal à placa. Conclui-se que a placa de TPLO modificada apresentou maior índice de rigidez que a placa reta convencional sob força de torção. A placa reta bloqueada apresentou maior ângulo no pico de torque, sendo, portando, mais elástica.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1