Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Parasitological and histological aspects of Holochilus sciureus naturally infected by Schistosoma mansoni / Aspectos parasitológicos e histológicos de Holochilus sciureus naturalmente infectados por Schistosoma mansoni

Silva-Souza, Nêuton da; Silva, Ana Patrícia de Carvalho da; Oliveira, Renata Mondego de; Lira, Maria Gabriela Sampaio; Nogueira, Ranielly Araújo; Penha-Silva, Tatiane Aranha da; Melo, Solange de Araújo; Andrade, Fábio Henrique Evangelista de; Santos-Ribeiro, Larissa Sarmento dos; Carvalho Neta, Alcina Vieira de; Abreu-Silva, Ana Lucia.
R. bras. Parasitol. Vet.; 28(4): 769-772, 2019. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25471

Resumo

Schistosomiasis is a neglected disease that affects millions of people around the world, being common in the state of Maranhão. A total of 225 rodents of the Holochilus sciureus species from the Western Lowland Maranhão were studied, of which 144 animals (64%) exhibited Schistosoma eggs in their feces samples. Macroscopic lesions characterized as well-defined whitish areas on the liver and spleen surfaces were observed. Histopathological examination revealed multifocal granulomas in the esophagus, liver, spleen, pancreas and duodenum, with structures compatible with Schistosoma mansoni eggs, as well as severe hepatic micro-vacuolar degeneration, multifocal and coalescent, with proliferation of random bile ducts and associated epithelial hyperplasia to areas of fibrosis. Adult forms of the parasite were observed in the blood vessels of the portal space. The lungs exhibited moderate and diffuse interstitial pneumonia with intralesional S. mansoni eggs. In the kidneys, hyaline cylinders were observed in the pelvis and diffuse hemorrhage. In conclusion, H. sciureus displays a pathological picture similar to human being. This rodent plays a role as sentinel in Baixada Maranhense.(AU)
A esquistossomose é uma doença negligenciada que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, sendo comum no estado do Maranhão. Um total de 225 roedores da espécie Holochilus sciureus da Planície Ocidental do Maranhão foram estudados, dos quais 144 animais (64%) apresentaram ovos de Schistosoma em suas fezes. Lesões macroscópicas caracterizadas como áreas esbranquiçadas bem definidas nas superfícies do fígado e baço foram observadas. O exame histopatológico revelou granulomas multifocais no esôfago, fígado, baço, pâncreas e duodeno, com estruturas compatíveis com ovos de Schistosoma mansoni, degeneração micro-vacuolar hepática grave, multifocal e coalescente, com proliferação de ductos biliares aleatórios e hiperplasia epitelial associada a áreas de fibrose. Formas adultas do parasito foram observadas nos vasos sanguíneos do espaço portal. Os pulmões exibiram pneumonia intersticial moderada e difusa com ovos de S. mansoni intralesionais. Nos rins, foram observados cilindros hialinos na pelve e hemorragia difusa. Em conclusão, H. sciureus apresenta um quadro patológico semelhante ao ser humano. Este roedor desempenha um papel de sentinela na Baixada Maranhense.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1